Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Como acabar com carrapatos?

229 visualizações

Respostas


Os carrapatos vivem mais no ambiente do que no animal, então minha dica é: Limpe o ambiente com algum produto carrapaticida até que não exista mais nenhum foco, faça isso todas as semanas ou até mais de uma vez por semana, use um borrifador e passe em tudo, com muito cuidado pois podem ser tóxicos e alérgenos, tanto para o cão quanto para o ser humano. E sempre sempre sempre examine o seu cão, para ver se não há pulgas, carrapatos, alergias, fungos e lesões na pele em geral, passe um produto residual se preferir, tipo front line por exemplo, observando a idade e peso do animal a ser tratado, o ideal é procurar a ajuda de um veterinário pois carrapatos são vetores de muitas doenças, a mais comum é a doença do carrapato que inicialmente é silenciosa mas que pode levar o cão a morte, ele poderá avaliar como um todo como anda a saúde do seu animal.

Mas o que fazer para evitar que o cão pegue carrapatos?
Infelizmente, não há nenhum esquema de tratamento preventivo. Se o cão frequenta áreas infestadas por carrapatos, ele certamente irá pegá-los. Regiões com vegetação em sítios ou fazendas, são os lugares mais comuns. Porém, existem muitos casos de pessoas que tem problemas com carrapatos dentro de seus canis ou quintais e até em apartamentos. Às vezes, num passeio a uma praça ou parque, o cão pode se infestar.

E como combater o carrapato?
Assim como as pulgas, o carrapato não é um problema só do animal, mas sim do ambiente. O carrapato, em todos os seus estágios de vida (desde larva até adulto), é muito resistente. Combater o carrapato é difícil. Você pode eliminá-lo do cão facilmente com banhos carrapaticidas, porém, o inimigo que você não vê, ou seja, os ovos e larvas, estão no ambiente e nele sobrevivem durante meses. Muitos são os casos de proprietários que vivem combatendo o carrapato no cão, mas nunca conseguem exterminá-lo por completo.

Um outro detalhe é que os carrapatos colocam seus ovos na vegetação e também em frestas das paredes e piso. Dessa forma, todos esses lugares têm que ser tratados e não somente os cães. Quem tem na vizinhança terrenos com mato, criação de animais como cavalos e gado, pode sofrer com os carrapatos, pois esses parasitas são capazes de escalar altos muros em busca de alimento. Se isso estiver ocorrendo, é preciso controlar a infestação também na parte externa.

Olha, o mais correto e responsável a se fazer é procurar ajuda veterinária...
Mas aqui vai uma dica, tendo como experiência as minhas cadelas:
Não existe remédio caseiro para livrar seu pet dessas pragas, no entanto existem soluções que você usa após o banho que são ótimas para evitar esses bichinhos indesejáveis... tem vários nomes para eles, aqui na minha cidade é mais comum encontrar o CHARMDOG.... depois do banho você dilui um pouco dessa solução em água e molha bastante seu pet com ele, deixando-o secar na sombra...
Também existe um remédio em comprimido (humano mesmo) que se chama Ivermectina... eu costumo comprar para minhas princesas e dou de acordo com o peso delas. Funciona também!

O grande problema tanto de pulgas como carrapatos é justamente a infestação no ambiente.
Apenas 1% das pulgas estão no animal, o resto está no ambiente sobre a forma de ovos, larvas ou pupas. Então, além de passar bons remédios no animal, como o Frontiline, você deve passar simultaneamente no ambiente produtos como Butox ou Triatox ou até mesmo o Barrage, seguindo instruções do rótulo. Pode borrifar ou lavar o chão com isso, mas tem que passar em tudo quanto é frestinha, pois se você esquecer pode estar mantendo os bichinhos..
Ahh, outra coisa, lembre-se de retirar os animais do local até que o produto seque completamente, pois são tóxicos para eles.

Espero ter contribuído!
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo