Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta respondida

DEVEMOS CORTAR AS UNHAS DOS CÃES?

171 visualizações

Respostas


Com toda certeza Rita!

Unhas compridas são um perigo para nossos pertences, para nós e para os próprios cachorros que:
- se machucam ao se coçarem
- não tem firmeza para andar – os cachorros ficam de pé apoiados nos dedos.
- podem ter problemas nas articulações, nos ossos, no quadril, na coluna ou pés deformados.
- e nos piores dos casos, de tão compridas acabam entrando na própria pele.

As unhas dos nossos peludos podem ficar extremamente "cortantes" por diversos motivos:
* No ambiente onde circula o piso é liso (azulejo, taco, laminados, mármore, etc..), tem vida sedentária ou passeia pouco – como as unhas têm um crescimento contínuo elas não são desgastadas o suficiente por falta de atrito com o solo. Se você escuta o "tic, tic, tic" do seu cão caminhando pode ter certeza que as unhas estão compridas.

* O cachorro rói a unha deixando-a com formato irregular e com lascas – isso acontece por tédio, ansiedade, alergia ou alguma dor.

* Unha quebrada – como isso acontece? Sei lá! Porque o peralta tentou escalar um muro, árvore... (para alcançar uma presa), pisou de mau jeito em alguma superfície dura ou cavou, as unhas estão compridas, etc.

* A quinta unha está comprida – como não encostam no chão não são desgastadas e se tornam longas e afiadas. Do mesmo jeito que não podemos esquecer de calibrar o estepe, não podemos deixar de aparar a 5ª unha.

* A unha foi cortada – algumas vezes ocorrem rachaduras e formam-se lascas ao se cortar a unha ou então ficam "restos" grudados e mais freqüentemente a maneira (o ângulo) como é cortada forma uma ponta afiada (quantas vezes já não aconteceu de seu querido voltar do banho do pet shop com as unhas curtas porém afiadas)
Melhor resposta

Com toda certeza Rita!

Unhas compridas são um perigo para nossos pertences, para nós e para os próprios cachorros que:
- se machucam ao se coçarem
- não tem firmeza para andar – os cachorros ficam de pé apoiados nos dedos.
- podem ter problemas nas articulações, nos ossos, no quadril, na coluna ou pés deformados.
- e nos piores dos casos, de tão compridas acabam entrando na própria pele.

As unhas dos nossos peludos podem ficar extremamente "cortantes" por diversos motivos:
* No ambiente onde circula o piso é liso (azulejo, taco, laminados, mármore, etc..), tem vida sedentária ou passeia pouco – como as unhas têm um crescimento contínuo elas não são desgastadas o suficiente por falta de atrito com o solo. Se você escuta o "tic, tic, tic" do seu cão caminhando pode ter certeza que as unhas estão compridas.

* O cachorro rói a unha deixando-a com formato irregular e com lascas – isso acontece por tédio, ansiedade, alergia ou alguma dor.

* Unha quebrada – como isso acontece? Sei lá! Porque o peralta tentou escalar um muro, árvore... (para alcançar uma presa), pisou de mau jeito em alguma superfície dura ou cavou, as unhas estão compridas, etc.

* A quinta unha está comprida – como não encostam no chão não são desgastadas e se tornam longas e afiadas. Do mesmo jeito que não podemos esquecer de calibrar o estepe, não podemos deixar de aparar a 5ª unha.

* A unha foi cortada – algumas vezes ocorrem rachaduras e formam-se lascas ao se cortar a unha ou então ficam "restos" grudados e mais freqüentemente a maneira (o ângulo) como é cortada forma uma ponta afiada (quantas vezes já não aconteceu de seu querido voltar do banho do pet shop com as unhas curtas porém afiadas)
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo