Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Em que ano foi composta "Pedro e o Lobo"!

360 visualizações

Respostas


composta por Sergei Prokofiev em 1936,

Prezados, Boa Noite a Karlucha está certa. Não posso deixar de acrescentar que o Mestre Disney, retratou com fidedignidade tal conto, porém, Pedro e o Lobo é uma história infantil contada através da música. Foi composta por Sergei Prokofiev em 1936, com o objectivo pedagógico de mostrar às crianças as sonoridades dos diversos instrumentos. Cada personagem da história (o Pedro, o lobo, o avô, o passarinho, o pato [ou pata, em algumas versões], o gato e os caçadores) é representada por um instrumento diferente.

Em O Pedro e o Lobo é utilizada uma Orquestra Sinfônica completa em que cada personagem é representado por um instrumento ou naipe da orquestra e possui um tema musical ou leitmotiv:

o Lobo: três Trompas
o Avô: Fagote;
O Pato: Oboé;
O Gato: Clarinete;
O Passarinho: Flauta Transversal;
O Pedro: Quarteto de Cordas;
Os Caçadores: o tema é introduzido pelas Madeiras e os disparos são representados pelos Tímpanos e Tímbales e pelo Bombo.


Gravações conhecidas

A segunda versão inglesa foi gravada em 1939 pela RCA Victor, foi feita num álbum de seis discos 78-RPM. Foi narrada por Richard Hale, um actor de filme mais conhecido por papéis de vilão, com a música executada pela Boston Symphony Orchestra (Orquestra Sinfónica de Boston) sob a direcção de Serge Koussevitzky.

Muitas gravações de língua inglesa desta parte famosa seguiram, incluindo estes exemplos:

Uma gravação bilíngue que caracteriza a narração em espanhol e no inglês por José Ferrer, executado pela Orquestra de Ópera do Estado de Viena, conduzido por Eugène Aynsley Goossens (Kapp Records, 1959).
Em 1959, uma gravação da EMI pelo Michael Flanders como narrador com a Orquestra Filarmônica sob direção de Efrem Kurtz.
Uma gravação pela Decca Records no volume 5 do "The World of the Great Classics" (“O Mundo de Grandes Clássicos”, em tradução livre) mostra o Sir Ralph Richardson como o narrador com a London Symphony Orchestra (Orquestra do Sinfônica de Londres), conduzido pelo Sir Malcolm Sargent.
Uma gravação pela New York Philharmonic com Leonard Bernstein como o maestro e o narrador. A popularidade de grupos televisivos da Young People's Concerts ("Concertos das Pessoas Jovens", em tradução livre) levou a isto uma liberação auspícios (Columbia Records, 1960).
Uma gravação da Decca Phase 4 com Sean Connery como o narrator, executado pela Royal Philharmonic Orchestra (Real Orquestra Filarmônica) conduzido por Antal Dorati (Decca Records, 1971).
Em 1971, uma gravação da EMI pelo Richard Baker como narrador, acompanhado pela New Philharmonia Orchestra (Nova Orquestra Filarmônica), conduzido por Raymond Leppard.
Uma gravação de 1975 pela Deutsche Grammophon pelo Hermione Gingold como narrador, acompanhado pela Orquestra Filarmônica de Viena conduzido por Karl Böhm.
Uma versão de David Bowie como narrador e executado pela Philadelphia Orchestra (Orchestra de Filadélfia) conduzido pelo Eugene Ormandy (RCA Victor, 1978).
Uma gravação do Itzhak Perlman como narrador e executado pela Orquestra Filarmônica de Israel, conduzido por Zubin Mehta (EMI, 1986).
Uma gravação do Alec Guinness como narrator e executado pela Boston Pops Orchestra (Escala da Orquestra de Boston) conduzido por Arthur Fielder (BMG, 1988).
Uma gravação com Patrick Stewart como o narrator e executado pela Orchestre de L'Opéra Lyon (Orchestra de Opéra National de Lyon) conduzido por Kent Nagano (Erato, 1994).
Uma gravação com Dame Edna Everage como narradora e executada pela Melbourne Symphony Orchestra (Orquestra Sinfônica de Melbourne) conduzido por John Lanchbery (Naxos Records, 1997).

Na língua Francesa, também se encontram gravações, tais como:

Uma gravação com Valérie Lemercier como narradora e executada pela "Orchestre National du Capitole de Toulouse"(Orquestra Nacional da Capital de Toulouse, conduzida por Tugan Sokhiev (2007).

Em português do Brasil:

Em 1989, uma gravação da EMI pela cantora Rita Lee como narradora, acompanhada pela Orquestra Nova Sinfonieta com regência do maestro Roberto Tibiriçá e produção de Roberto de Carvalho.

Há também uma gravação com narração de Roberto Carlos.

Sobre a História, Prezados e Queridos do BluPet, cabe informar:

Pedro é um garoto que vive com o seu avô no campo russo. Um dia, Pedro deixa a porta do jardim aberta, o pato aproveita a oportunidade para ir nadar à lagoa. Começa a discutir com um pequeno pássaro (“Que tipo de pássaro é você, se você não pode voar?” - “Que tipo de pássaro é você, se você não pode nadar?”). O gato de Pedro aparece de repente e o pássaro (advertido por Pedro) voa para uma árvore alta.

O avô rabugento de Pedro tra-lo de volta para o jardim e fecha a porta no caso de algum lobo vir. Pouco depois “um grande, lobo cinzento” sai do bosque. O gato sobe pela árvore, mas o pato, que saiu da lagoa, é engolido pelo lobo.

Pedro vai buscar uma corda e passa por cima da parede do jardim para à árvore. Pede ao pássaro que voe em torno da cabeça do lobo, enquanto ele baixa uma corda para prender o lobo pela cauda.

Os caçadores saem dos bosques e disparam no lobo, mas Pedro pára-os. Todos levam o lobo ao jardim zoológico em uma procissão triunfante. No fim pode-se ouvir o pato dizer "quack" no estômago do lobo, “porque o lobo tinha-o engolido vivo.”

Em algumas versões, o pato sai do lobo enquanto este está pendurando da corda e noutras ele sai de dentro de uma árvore, onde se tinha escondido. Junta-se então a todos para levar o lobo para o jardim zoológico.

Quem tiver oportunidade de assistir o desenho criado Por Walt Disney, com certeza não se arrependerá.

Fraternal Abraço a Todos.

Gilmar
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo