Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Qual a utilidade do bigode dos cães?

242 visualizações

Respostas


É como se fosse o tato deles! São sensores.

São sensores

Também conhecidos como "pêlos tácteis" ou vibrissas, os bigodes são pêlos flexíveis, grossos e longos no rosto de um gato. Estes pêlos estão localizados em linhas horizontais na região fofa entre a boca e o nariz do gato. O bigode do gato, assim como o cabelo e as unhas, cai e é substituído.
Mas o bigode é diferente dos pêlos do corpo do gato:
O bigode nunca deve ser cortado ou aparado (veremos por que mais tarde);
O bigode é duas ou três vezes mais grosso do que o pêlo do gato;
O bigode tem raízes muito profundas no rosto do gato, em uma área rica em nervos e vasos sangüíneos.

Além de terem os longos pêlos tácteis em suas bochechas, os gatos têm também alguns mais curtos sobre suas sobrancelhas, em seu queixo e na parte de trás das patas da frente. Já que estamos mais familiarizados com o bigode facial, vamos ver para que ele serve:
Orientação;
Indicação de humor;
Medição de uma abertura.

O bigode ajuda o gato a sentir o ambiente ao redor. O bigode é tão sensível que pode detectar a mais leve mudança direcional de uma brisa. À noite, por exemplo, isto ajuda o gato a andar pela sala e não bater em nada. Como? As correntes de ar dentro da sala mudam dependendo de onde os móveis estão. Quando o gato anda pela sala e se aproxima de um sofá, ele sabe em que direção deve ir baseado na mudança da corrente de ar ao redor do sofá.
Além das propriedades sensoriais, o bigode de um gato é também um bom indicador de seu humor. Quando um gato está bravo ou na defensiva, o bigode fica para trás. Ao contrário, quando o gato está feliz, curioso ou contente, o bigode fica mais relaxado e para frente.

Porém, a principal função do bigode é ajudar o gato a julgar se vai ou não caber em uma abertura. O bigode do gato tem mais ou menos a largura do corpo, como se fosse uma régua natural. As pontas do bigode são sensíveis à pressão. Você provavelmente verá um gato colocar e tirar a cabeça de uma abertura antes de entrar. Ele está medindo a largura da abertura e está vendo se ele cabe ou não nela. Uma observação interessante: os gatos não têm uma clavícula verdadeira, como os homens. Isto permite que se virem e se movam dentro de aberturas muito estreitas.

Paulina eu perguntei dos cães,não dos gatos!!!!!
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo