Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Você já teve algum cãozinho que já foi para o céu? Qual é a história dele?

2174 visualizações

Respostas


Tive um que se chamava Chuchu,o danado era tão peralta que escapou e foi atropelado,procuramos ele a noite toda,mas o vimos deitado na avenida pela manhã,ele tinha 6 meses era molecão de tudo,era pretinho com as 4 pontas das patas brancas,um verdadeiro CHUCHU!Outro que me marcou muito foi o Bolinha,nós nos amavámos mto,mas tbm brigávamos mto.Quando casei não pude levá-lo porque não tinha espaço,mas ele nem ligou,ficou com meu pai,que cuidou dele qdo ficou doente,mas infelizmente meu pai teve um infarto fulminante e veio a falecer,e não demorou mto,uns dois ou tres meses o Bolinha tbm faleceu,por pura saudades do nosso pai.

Que triste a história do Bolinha, isso sim que é amizade.

Quando eu tinha 2 anos, eu ganhei um poodle lindo que se chamava Rambo, fomos muito felizes juntos, pois passei a minha infância e adolescência na companhia de uma criaturinha que me amava incondicionalmente e eu a ele. Porém quando eu fiz 17 anos e o "Rambinho" tinha 15 anos, ele faleceu. Meu pai sabendo que eu o amava muito, no dia seguinte da morte do Rambo, ele me levou para passar uns tempos com a minha vó, pois era época de férias, então eu queria me despedir do Rambo para ir viajar, meu pai disse que não dava tempo, pq a gente ia perder o voô. Eu fui, disse pra minha mãe cuidar bem do Rambinho, e fiquei lá uns dias...aí lá meu pai já foi me preparando, dizendo que todos os seres vivos não são para sempre, e que devemos guardar na lembrança todos os momentos bons e tbm os ruins que passamos com quem mais gostamos, eu não tava entendendo nada...mas aí na volta eu entendi tudo, apesar de ter já 17 anos, eu chorei como criança, meu pai enterrou ele no quintal da casa, fez uma placa com o nome e data de nascimento e falecimento dele, e pendurou a plaquinha de identificação que eu mandei fazer com tanto carinho para ele há uns anos antes de ele morrer. Fiquei muito triste, e prometi a mim que não ia ter mais animal de estimação. Mas aí, eu engravidei, tenha uma filha de quase 2 anos e resolvi ter um cãozinho novamente, para dar a minha filha a mesma infância doce e amorosa que tive com o meu "Rambinho". Hoje nós temos o Pingo aqui em casa, que também é um poodle, muito brincalhão, alegre e que deixa o nosso lar e nossas vidas muito mais felizes.

Nayara, imagino a sua dor. Que bom que você hoje tem o Pingo.

Muita gente diz: queria a vida de cachorro, mas não imagina que são poucas pessoas que realmente amam, cuidam e zelam. Os seus cães com certeza tiveram muita sorte!

TIVE VÁRIOS :( INFELISMENTE A VIDA DOS CACHORROS É CURTA :( TIVE UM COLLIE O TUPI QUE ACOMPANHOU MEU CRESCIMENTO E QUANDO EU TINHA 10 ANOS ELE TEVE UM TUMOR QUE NÃO TINHA CURA ENTÃO TIVEMOS QUE SACRIFICA-LO EU FIQUEI DOENTE POR UMA SEMANA ATÉ QUE UMA AMIGA LEVOU UM FILHOTE VIRA LATA ABANDONADO PRA BRINCAR COMIGO EU CHOREI UMA NOITE INTEIRA E PASSEI MUITO MAL PRA MINHA AVÓ DEIXAR EU FICAR COM ELE, ERA UMA FEMEA A PITUXA ELA TEVE A PRIMEIRA CRIA DE FILHOTES DOEI 6 E FIQUEI COM 1 O BETOWEN NA SEGUNDA CRIA NASCEU SÓ 1 QUE TAMBÉM FOI DOADO NA TERCEIRA E ULTIMA TAMBÉM FOI SÓ 1 MAS ELA TEVE HEMORRAGIA E FALECEU, CRIAMOS O FILHOTE E UMA VIZINHA FICOU COM ELE O BETOWEN MORREU A POUCO TEMPO COM +OU- 9 ANOS POIS UM VIZINHO IDIOTA SOLTOU UM rottweiler EM CIMA DELE QUE O MATOU POIS NÃO CONSEGUIMOS TIRA-LOS. ATUALMENTE PERDI UMA ANJINHA DE 6 MESES COM DOENÇA DO CARRAPATO FIZEMOS DE TUDO ATÉ INTERNADA ELA FICOU MAS NÃO RESISTIU :( AGORA ADOTEI UM DE 5 ANOS QUE MEU MARIDO TINHA E TROUXE PARA MORAR COM A GENTE, ELE RAPIDAMENTE SE ADAPTOU TEM 7 MESES QUE ELE ESTA COMIGO E PREFERE MAIS A MIM QUE AO MEU MARIDO UAHSUAHAUHA E ME TRAZ MUITAAAAAS ALEGRIAS!

Huu, já tive muitos amigos que foram para o Céu... A mais antiguinha foi a She-Ra quando eu tinha 4 anos, depois o Ciborg quando eu tinha 14, a minha Jully quando eu tinha 19... Fora os cães que não eram meus mais que eu gostava muito, a vizinha Diana, o Kaiser, a mãe e irmã da minha Wendy, Nicole e a outra Jully... Acho que são seres lindos e alegres e parece injusto que eles vivam tão pouquinho pois a falta que eles fazem é muito grande.

tive a princesa era uma pastor alema e faleceu de velhice ,um dia acordei e ela estava deitada embaixo da mesa no quintal imovel nao teve nenhuma reaçao ao me ver alem de levantar a cabeça e me olhar me abaixei e perguntei o q foi minha linda ela me deu uma segunda olhada e se foi fiquei muito triste ,chorei muito ata minha mae chegar do serviço

tenho minha pandora ela morreu de cinomose ,era mestiça de labrador e salsichão

Tinha Um Caozinho Que se chamava boby tinha ele a uns 2 anos ,sai para escola e minha mae tava trabalhando chequei em casa primeiro que minha mae e sempre quando eu chegava ele vinha correndo so que abrir o portao e nao vi ele,fiquei procurando ele e nao achei gritei pelo nome dele e nada dele apareçe e o quintal era bem grande tinha um pouco d emato alto fui olha ele estava la deitado ja praticamente morto chorei muito e liquei para minha mae pedindo ajudoo so que quando ele chegou para irmos no veterinario ele ja estava morto chorei muito naquele dia e tenho serteza que o vizinho jogou veneno para ele ate hoje sinto muita fauta dele :'(

SIM MOREU DE VELHINHO

Sim muitos

nossa eu tive uma cachorinha pequena que ce chamava luluzinha ela era pretinha muito linda, brincava com o pessoal todo la em casa, quando adotamos ela minha filha tinha 5 aninhos e a gente ce mudava para onde fosse ela ia com nós, ela dorminha com a minha filha até que um dia nos fomos mora em apartamento e meu marido desconfia que deram veneno para ela pq ela de uma hora para outra ficou doente e faleceu, quando a gente saia ela sempre ficava na sacada ´para não fca presa dentro de casa até pq as minhas saidas eram ligeiras era fase mercado paga as contas e volta ela circulava dentro de casanormal como ce fosse uma pessoa e ela tinha um cantino na sacad de fase suas necessidades era uma cachorinha muito querida e o meu marido descomfia que o visinho do lado que mais tarde a gente soubeque ele não gostava de animais achamos que ele deve ter dado algo para a nossa luluzinha nossa todod mundo ficou de luto la em casa pois ela ja fasia 7 anos que estava conosco...temos muita saudade dela e a gente ainda sofre quando lembra dela....e depois disso não tivemos mais sorte com cãozinho, queremos adota outro,pois aGORA MORAMOS EM CASA E TEM UM PATIO GRANDE.

nossa eu tive uma cachorinha pequena que ce chamava luluzinha ela era pretinha muito linda, brincava com o pessoal todo la em casa, quando adotamos ela minha filha tinha 5 aninhos e a gente ce mudava para onde fosse ela ia com nós, ela dorminha com a minha filha até que um dia nos fomos mora em apartamento e meu marido desconfia que deram veneno para ela pq ela de uma hora para outra ficou doente e faleceu, quando a gente saia ela sempre ficava na sacada ´para não fca presa dentro de casa até pq as minhas saidas eram ligeiras era fase mercado paga as contas e volta ela circulava dentro de casanormal como ce fosse uma pessoa e ela tinha um cantino na sacad de fase suas necessidades era uma cachorinha muito querida e o meu marido descomfia que o visinho do lado que mais tarde a gente soubeque ele não gostava de animais achamos que ele deve ter dado algo para a nossa luluzinha nossa todod mundo ficou de luto la em casa pois ela ja fasia 7 anos que estava conosco...temos muita saudade dela e a gente ainda sofre quando lembra dela....e depois disso não tivemos mais sorte com cãozinho, queremos adota outro,pois aGORA MORAMOS EM CASA E TEM UM PATIO GRANDE.

Sim, uma linda vira lata que catei da rua de filhote, meiga e super obediente, durou 23 anos, morreu de velhice.

Já tive sim Fillipe,foi meu ultimo cachorrinho um Pincher chamado Pitter.ele fico dódói porque engoliu uma linha de costura que ficou presa na garganta e o resto dela foi parar no intestino, ai ele teve que fazer uma cirurgia mais não resolveu ai ele foi ficar com papai do céu.

Sim, ela se chamava Bake Bell, ela era uma rottweiler linda! Todos de minha família à adorava, todos ficavam encantados com o instinto protetor que ela tinha, ela cuidava da casa de todos que nela morava e amava e cuidava carinhosamente de cada filhote como qualquer mãe cuida de seu filho. Bake Bell possuía algo muito especial que à diferenciava de qualquer outro cão.

na biblia nao esta escrito de animal no çeu . os meu eu emtero no quintal mas .e serto que deus criou todos os animas

a poucos dias atras minha linda cristal foi morar no céu ele estava muito doentinha começou com vômito diarreia e teve que ficar internada fui fazer uma visitinha para ela ficou muito emocionada queria brincar de todos os jeitos começou a fazer vergonha com a patinha no 3 dia ela não resistiu e foi morar no céu.

O meu Hulk, falaceu tem maios ou menos um mês, foi muito triste chegar em casa e vê-lo morto, é uma dor tamanha, mas ele não queria me ver triste então lembro dele com carinho e muito amor

siim, tive meu Nego minha Mitchie e meu Marlley.foi mt triste prefiro n comentar pq sempre q lembro choro :( :( :(

a Julie chegou na minha vida p preencher um enorme espaço deixado pela morte da minha bebe d 7 dias,ela veio p me trazer muita alegria e me proporcionou os melhores 13 anos da minha vida,ela ficou bem velinha,perdeu a visão e a audiçao,por fim eu tinha q dar a ela comida na boca e pega-la no colo p leva-l p fazer suas necessidades e foi assim ate os seus ultimos dias,pensei q nunca iria superar sua perda,quando meus amigos nao aguentavam + ver meu sofrimento e me deram d presente a Dolly q ja esta ao meu lado a 10 anos e agora adotei a Minnie q é o bebe da casa

já tive minha amada kethy

eu tina un cachorro de raça podlle morreo de cancer de un tumor na mama ahora nao ten esto sin cachorino esto en procura de otro

eu tinha uma cachorrinha que morreu todo dia ela me esperava chegar da escola para comer se alguma peso-a briga-se comigo ela atacava ela era minha melhor amiga ela morreu de canse eu nem pudi dizer adeus sofri muito com ISO

sim tive uma cachorrinha poodle q se chamava pinque ela morreu de velhice

sim tive uma cadelinha chamada sara uma poodle branca bem dengosa e linda e muito minha amiga de verdade a qual tenho saudade dela pois foi achada na rua

sim seu nome era BOB mas foi atropelado e morreu

Meu esposo foi trabalhar em uma casa de pedreiro e la tinha uma cadela da raça beagle,toda vez que o dono da casa passava por ela ele a chutava e a maltratava muito,depois de muito insistir meu esposo conseguiu que a dona da casa desse ela pra mim foi o melhor presente que ja ganhei em toda minha vida só que infelizmente ela não viveu muito tempo devido as pancadas e aos maus tratos que sofreu na casa do antigo dono mais o pouco tempo em que ela esteve comigo procurei dar muito amor e carinho pra ela o nome dela era fofy ate hoje sinto sua falta...

Tive uma da raça Dauchand(salsilsa) Nina e outra Boxer Sasha.

Já vários, duas cachorras da raça fox terrier mais com anos diferentes um vira latinha com o nome Barnabé morreu com a barriga toda estourado só de verme me deram já doente na época fizeram de tudo morreu em casa

Sim a minha cachorrinha foi atropelada eu chorei muito isso aconteceu quando era criança mas não gosto de recordar isso porque me da muita tristeza.

Sim, quando eu era criança, era uma raça mista, o nome dela era Lassie. Ela morreu com 12 anos de velhice.

Sim! O meu melhor amigo se chamava Miró, um lhasa-apso preto e branco, sempre me acompanhava aonde eu ia, em momentos tristes e em momentos alegres estava ao meu lado. Desde pequenininho ele era meu anjinho, eu lembro que uma vez fiquei de cama e ele não saiu do meu lado nem um minuto, somente quando minha mãe chegou em casa que ele saiu correndo pra comer, tomar água e fazer as necessidades, e mesmo com a minha mãe do meu lado ele voltou correndo e ficou me olhando todo preocupado e não saiu mais do meu lado. Até hoje sinto uma falta sem tamanho dele... Mas sinto que um dia nos encontraremos novamente!!

Sim,Coxinha perto da minha casa tem um senhor que tinha uma cachorra da raça bacê e estava grávida pedi um filhote e ele me deu aí fui feliz pra casa e passando o tempo ele foi crescendo de uma tal forma que ficou maior do que um labrador aí voltei na casa do senhor ele me respondeu que não era culpado se a cachorra pulou a cerca mas mesmo assim criei ele com todo amor e carinho meu marido gostava muito do Mc Marcinho só ouvia as músicas dele,mas meu marido faleceu e quando eu colocava o cd Coxinha levantava a cabeça e çomeçava a uíva como se estivesse cantando.Mas um dia estava saindo para o trabalho ele sempre me levava até o portão veio onibus e atropelou não deu para salvá-lo chorei tanto que para mim foi uma pessoa da família e teve Docinho o filhote da minha pinche pegou um vírus e nem o veterinário conseguiu curá-lo e Gaspar a vizinha deu veneno.

Já, tive alguns que foram para o céu. Como adoto cães, isso acaba acontecendo, mesmo cuidando bem deles. Alguns adoeceram, outros já chegaram bastante debilitados, mas também tive a Xuxa, uma pequena mestiça de pincher que perdi no ano passado, depois de conviver conosco por 15 anos. Morreu de velhinha.

Sim, se chamava Fadinha,era mestiça de maltês com poodle toy estava para completar 10 anos. Ela nasceu com epilepsia, tomava gadernal duas vezes ao dia. Ela amava frutas, principalmente pêssego. Qdo a comprei, estava passando uma fase difícil em minha vida, e ela foi minha melhor amiga, sempre por perto... Quando comecei a namorar de novo, ela ficou enciumada no início mas depois aceitou meu namorado que hoje é meu marido. Um dia fomos passar dois dias na casa de um casal que tinha três gatos e resolvemos deixar com uma amiga que era minha vizinha e já conhecia a rotina de remédios e ração dela. Como ela tinha as vezes convulsão por causa da doença , ela ficou com a mente igual de filhote, segundo o veterinário , e começou a roer sapato de novo, destruir móveis, fazer xixi onde não devia... Aí ela achou uma caixa que ficava no alto e estava cheia de sacolas plásticas ...não sei como ela conseguiu derrubar e rasgou tudo... Minha amiga tinha deixado ela a noite lá em casa na caminha dela pra dormir e no outro dia qdo cheguei, estava a maior bagunça. Até aí tudo bem, mas no outro dia, ela começou a vomitar tudo que comia e parou de evacuar as fezes. Levei ela rápido no veterinário pois achei que fosse intoxicação com as sacolas. Ela passou remédio e antitoxicos mas ela continuava ruim e na época eu estava morando numa cidade com pouco recursos médicos para pets. Falei para a veterinária se tinha como fazer um ultra-som , mas na cidade não havia nenhum, e ela continuava piorando. Dois dias depois, ela teve uma parada respiratória e morreu. Pedi pra fazer a autópsia e qdo abriu, ela estava com o intestino grosso necrosado. E qual foi a surpresa quando ela disse que havia engolido um caroço de pêssego. Não sei como ela havia conseguido engolir... Chorei por três meses seguidos... Amava muito minha cachorrinha...ela era minha amiga, companheira e parte da minha família . Já havia perdido outros pets que chorei bastante, mas a Fadinha sempre será inesquecível !!!

Eu tive um yorkshire micro , minha filha tem poblema de desenvolvimento o medico disse que ela tinha que ter um filhote de cachorro em casa , ai eu comprei ela filhotinha , ja com 3 anos de idade o filhote fujio fiquei prelcurando ela , pois minha filha veio a piorar com o sumiço dela todo dia minha filha tia convuções e febre muito alto por causa do sumiço da docinha pois esse era o nome dela, quando estava dessendo do anibos chegando em casa meu cachorro tava pendurando na fiaçao eletrica com todo os orgão pendurados , pois quem fez essa maldade o um monstro e so de saber que minha filha presizava da docinho para o desenvolvimento dela , não tem nem 2 meses que ocorreu o fato hoje estou desempregada e não tenho condições de compra essa raça e pra completar minha filha chama pelo docinha direto e tem convuções continuamente agora tenho 2 dor da docinha e da minha filha pois todos os dia chama porela !

Já, tive mais de um e cada um Deles foi muito especial e tem um lugar especial em meu coração.

tive, ele se chama bile e jogaram veneno para ele, ele ficou cego e logo depois morreu

Meu querido Nestor partiu em nov 2013, me deixou com muitas saudades, ainda sinto sua presença ao meu lado. Ele era muito dócil, amigo e querido e me amava tanto quanto eu o amo.

Eu adotei o Gugu, apos encontra lo na rua e levei para casa.
Depois de alguns dias a dona da mãe de Gugu veio bater em miha casa e saber se eu tinha encontrado o filhote, logo ela viu q ele estava gordinho sendo bem tratado e ja estava sendo vacinado ela deixou eu continuar com ele. E descobri q ele era da raça Border Collie.. lindoooo, doceee, brincalhão.. quando ele estava com 7 aninhos ele viu o portao aberto e saiu e infelizmente veio a falecer. Sinto mt a falta dele!!

Sim... tive uma dálmata chamada Lua, que foi atropelada.. Uma viralatinha chamada que Bolinha que também foi atropelada. e a última foi a Kiara, uma poodle de 14 anos que não resistiu aos ferimentos feito de uma mordida de outra cachorra... Chegou a entrar em cirurgia mas a veterinária disse que ela não aguentaria a recuperação.. seria muito sofrido pra ela... então Deus recebeu ela no céu junto com as outras....

Sim, tive a Belly, era pretinha e caramelo e pesava 2 Kilos, era o amor da minha vida. Viveu 16 anos e morreu de complicações renais. Foi muito sofrido, todos choramos e ainda ficamos tristes
quando falamos dela.

Meu Pit , em 2009 faleceu com 12 anos. Ele estava com câncer de próstata e antes que estourasse e piorasse a dor dele, tivemos que mandar sacrificar. Foi o pior dia da minha vida..

Já sim... Duas para ser mais exata....
Uma se chamava Pitchula (mistura de Pinstcher com SRD) e a outra Princesa (Poodle)...
a Pitchula era bem pequenininha, tanto que conseguia fugir pelo portão, por isso colocamos tela de fora a fora.... no entanto, quando ela entrou no cio pela primeira vez furou a tela e fugiu... acabou pegando cria de uma cachorro que ao que tudo indicou era maior que ela.... ela não conseguiu criar, levamos em vários veterinários e nenhum queria colocar a mão. Foi um dos dias mais tristes da minha vida. Acabamos tendo que sacrificá-la para que ela sofresse menos, mas se há uma coisa que me dói até hoje é isso, eu ainda a vejo chorando e me dói muito lembrar daquela cena...
A princesa era muito companheira da Pitchula e sentiu sua falta, não queria comer, nem beber, nada estava bom... passou-se uma semana, a Princesa acabou partindo também... Motivo? Tristeza, saudade...

E depois ainda dizem que os animais não possuem sentimentos....

Tive uma cadelinha de nome Branca de Neve ,ela teve um tumor na parte interna das coxas na virada do ano de 2013 para 2014 ,foi internada com dificuldades respiratórias ,no dia seguinte me ligaram do hospital me avisando que ela havia tido uma para da cardio respiratória , não resistiu e, faleceu

eu tinha um shih tzu muito lindo e fofo,mudei para o quinta da minha sogra,o portão dela estava com problema,e eu tosei,pois estava muito quente,ele via os outros cachorros passando pela fresta do portão,enquanto ele estava peludo não conseguia passar mas eu o tosei,então no dia seguinte ao aniversario da minha filha,ele foi para rua e um carro o atropelou. e como ele é uma raça pequena ele não aguentou e morreu,eu estava gravida 6 meses choramos muitooo eu e minha pequena.

já ela se chama suzi e até hoje me lembro dela tão pequenininha. ela gostava muito de dormir perto da minha cama vou ter ela pra sempre no meu coração s2

sim meu cao acaba de morre neste meses estou sei saber oque fazer da minha vida a casa ta vacia sei a alegria dele estou escrevendo com muita lagrima nos olhos pois eu amo ele de mais ele trouxe muita alegria pra minha vida sento voltade de morre para assim ver se em algum lugar eu encontro ele ja tudo nao tem sentindo pra min so deus saber o cuanto eu amo ele agora so fica muita saudade e estou com sua mae ela e uma cadelinha super calma agora ta manhosa nao que mais come a raçao so comida pois agora tudo que a gente come ela come sei tira nada se a gente come carne ela come se a gente come ovo ela come so franco que nao porque eu novo companheiro nao que dice que faz mal para os cachorro frango mais eu douy so peito sei o osso,bom e esso.

Não tenho e nem imagino o sofrimento de ficar sem o nosso companheiro.

Sim, tive um Cocker Spainel (Zeus) que faleceu ano passado de velhice, com 14 anos, ele era cego e tinha problemas renais, mas Deus me deu a oportunidade de poder estar com ele por todo este tempo.

eu tive um boxer ele era super bonzinho o nome dele era sadan , ele teve cancer ,operou , mas passou um tempo e ele morreu lembro do dia certinho ele morreu na porta da minha casa lembro da cena como se fosse ontem ! amava muito ele quando ele morreu sofri muito.

SIM TIVE O SKOOB ELE MORREU E FOI UM MISTÉRIO, POIS ELE FUGIU E APARECEU MORTO NA LAJE DO VIZINHO ERA UM COOKER E ATÉ HOJE NÃO SEI SE O VIZINHO COVARDE O MATOU

Não tive, graças a Deus... Mas perdi uma coelha e doeu demais, fiquei em depressão, chorei por dias.

Muito, a perda de Nyna, fiquei muito doente com depressão, ela era a unica que me amava de verdade, Morreu depois que deu os filhotes, eu não entendi porque os filhotes morreram, me doeu mais ainda...

Graças a Deus não.

3 cachorrinhos lindos que se chamava toffy,suzi.rick,elba e jack, meus anjos que veio para a terra para me proteger a mando de Deus e nosso senhor Jesus Cristo amém.

Já sim e foi a Lilíka e morreu porque o Fila Brasileiro do vizinho pulou o muro e a mordeu ela. Ela uma chiuaua apesar de ser bem raivosinha.

Amei as dicas e vou usá_las pois muitas vezes gastamos uma nota e ter uma solução caseira que nos ajuda é muito bom. Ah! e Renata até pra comentar temos que ser humildes as dicas aqui são de pessoas que querem ajudar e não mostrar quem é mais sabido ou burro, então se não for para ajudar não comente falou!!!

há alguns meses tive que dar o Sloth, meu cão na epoca, para uma parente. algum tempo depois, no dia 25 de dezembro de 2013, recebi a noticia de que ele tinha morrido. Sloth pulou da janela para a rua, onde um cachorro de porte bem maior do que o dele passava. Foi mordido no tronco, levado ao medico logo apos, mas não resistiu.

Eu já tive.. Más 1 que me marcou muito, foi o Thor... Um filhote de Yorkshyre. Ele tinha 43 dias de nascido. Era novinho ainda. Faz pouco tempo que ele morreu, mês passado. Ele morreu de pulgas. Não sabíamos que ele tinha isso. Foi muito triste

ja tive varios mas o que mais marcou foi o auau um pincher branquinho com bolinhas pretas eu gostava muito dele mas quando me casei ele não se adptou na minha nova casa então tive que deixa lo com minha mãe mas ele fugiu para me procurar e um cão do vizinho o matou.

Sim , 2 ! O Nunu (salsicha) e o Tito (vira lata , srd) <3 ' O Nunu morreu de uma doença da pomba , ele era meu melhor amigo , sempre viveu com nós e sempre teve o máximo de mordomia , gastamos mais de 300,00 com ele por causa da doença! (tenho muita falta dele)
O Tito morreu de infecção , ele salvou a minha vida quando era bebe , pois estava tendo convulsão e não tinha ninguém por perto , ele foi chamar minha mãe e minha avó , ficou latindo que nem louco! (sinto muita falta) (dor para sempre) )':

meu primeiro cachorro um cocker, fazia aniversário na mesma data que eu, comemoravamos juntos, e como eu era pequena na época e nao entendia ainda muito de como era realmente a morte de um animal, meu pai disse que ele tinha fugido pra morrer escondido pra nao me ver sofrer, realmente, era o mais lindo.

Tive uma pincher,era minha filhinha.Comeu um graõ de enceticida pra formiga,como não tem veterinário na cidade.na casa de ração aplicaram uma dose de antitóxico quantidade que seria para um cavalo. Ela morreu na hora.Chorei tanto que fui pro posto tomar calmante,não acreditava que tinha perdido a dálila.No outro dia fui lá e desenterrei ela pra ver se estava bem confortada na caixinha.Meu marido chegou até pensar que eu estava ficando louca,foi terrivel...

Infelizmente já e posso afirmar que é uma das maiores dores que um ser-humano pode sentir. É uma saudade que não tem fim, por mais que você venha a ter outros animais, cada um que faz parte da sua vida é único e é como um membro da família, como um filho.
Eu e minha irmã ganhamos 2 poodles pretinhas e na época eu tinha 14 anos. Quando eu a perdi, 14 anos depois, foi para um câncer e me lembro como se fosse ontem. Ela primeiro "definhou", começou a parar de comer, começou a ter diarréia, teve que tomar soro (isso tudo na última semana). Eu não dormia para ficar com ela durante a madrugada pois queria cuidar dela tanto quanto ela cuidou de mim e me fez companhia a vida inteira. Queria que ela tivesse a certeza de que não estava só e somente numa sexta feira 13 de Janeiro, ela resolveu me deixar. Para isso acontecer, precisei conversar com ela e dizer: "Filha, não aguento mais te ver sofrer; não se preocupe comigo porque vou ficar bem eu prometo. Vou vir almoçar para podermos conversar mais um pouquinho mas se você não aguentar esperar ou não quiser se despedir de mim, vou entender porque nossa separação vai ser dura. A vovó estará aqui cuidando de você."
Ao meio dia e meia o telefone do meu serviço tocou, era minha mãe avisando que eu fosse almoçar em casa pois minha pequena Samantha havia se "desligado" em seu colo enquanto elas ouviam música calma. Fui para casa e ao ver aquele corpinho embrulhadinho em sua manta preferida, já sem vida, me esperando para um último abraço, me debulhei em lágrimas, peguei-a no colo e foi muito difícil conviver com o vazio em meu coração.
E neste exato momento que estou escrevendo para você, contando um pedaço de minha história, ao relembrar de tudo....estou chorando novamente. O fato aconteceu em 2006 e até hoje como pode ver me dói o coração tocar no assunto. As vezes ainda sonho com ela e sua irmãzinha Sarita que se desligou pela mesma doença mas precisou ser eutanasiada pois o seu cancêr era na boca e atingiu um nível de sofrimento absurdo e apesar de minha irmã ser formada em veterinária, ela descreve que nenhum profissional está preparado para tamanho sofrimento, mesmo assim ela enfrentou e ficou ao lado de sua companheira até o último suspiro (2 meses antes da minha morrer).

sim, mas na verdade era uma cadelinha de minha vizinha. Sempre que ela conseguia se soltar, vinha pra minha casa e eu dava gagau, dava banho, pedi várias vezes a minha vizinha que ela me desse essa cadelinha, pois ela não tinha condições financeiras pra cuidar. Mas ela não me deu, daí que um belo dia eu ia passando na rua, e minha vizinha perguntou se eu ainda queria a cadela, eu disse que sim e fui pegá-la, mas, detalhe, a cadelinha tava muito doente, magra, debilitada, mas mesmo assim levei pra casa, já fazia uns dias que não a via, arrumei um cantinho pra ela, dei leite na seringa, na boquinha dela, fui tomar um banho pra levá-la pro veterinário que já tinha ligado, mas quando saí do banho, já era tarde, ela tinha ido pro céu. Chorei muito, pois a amava, inclusive to chorando agora contando esta história pra vocês. Acho que ela só tava esperando pra me ver, pra poder ir embora. S A U D A D E S M I N H A C A D E L A E V A.

sim,o nome dela era Penelop uma cachorrinha muito fofa,ela engravidou e na hora de ter os filhotes ela ñ resistiu e morreu...

sim ;( o nome dele era Deby ele era muito fofo era da raça huski siberiano ele morreu de velhisse ;(

o Leão nasci ele ja estava com 5 anos ele mi esperava todos os dias chegar da escola , quando eu era bb eu aprendi andar com ele , minhã mãe fala que ele mi salvo de cair da escada quando eu tinha 3 aninhos quando ah o leão era meu melhor amigo e foi ate eu completa 11 anos quando eu fiz 11 anos passou 3 meses ele morreu ele era um cachorro mt docil, brincalhão, e meigo era um pastor alemão meio marron e branco ele era mt lindo sinto falta dele ate hoje

sim tres bungue foi atropelado,dike teve parbovirosee pink tambem teve parbovirose

Ontem perdi mais uma de minhas "filhas". A Maria Aparecida (Cida). Infelizmente a dor é imensa mas ela nos trouxe sempre alegria e apareceu em nossas vidas no momento em que mais precisávamos. Minha família toda estava no "buraco" e todos se afastaram da gente. Nessas horas.....Do nada, com 15 dias de vida, veio para nossa casa, tirada da lixeira por minha mãe no serviço onde trabalhava, aquele serzinho minúsculo que lutava para ser ouvido. Tirada da lata de lixo para ter uma vida de luxo e amor e em todos esses 14 anos só nos trouxe muita alegria e nos retribuiu com um amor incondicional e imensurável. Hoje eu precisava homenageá-la de alguma forma e também precisava desabafar porque meu coração neste exato momento dói e estou na cama sem vontade de reagir mas sei que tenho que continuar por meus outros "filhos" que estão comigo e batalham para me ver sorrir neste exato momento. Obrigada Cida por ter escolhido nossa família, por ter existido em nossa vida. Pena que eles ficam velhinhos mais cedo e morrem antes de nós pois ficamos desnorteados e sem saber o que fazer com tanta dor.

Sim,Sophia,ela chegou aqui em casa ja bebe,era uma poodle,era muito lindabrincava,fazia tudo normalmente,mas um dia comeu papel aluminio,e ficou com infecção intestinal :'(

sim,o nome dela era Pupi ela morreu de velhice ela era otima e linda

Sim o nome era Miguel mas no dia de minha mudança ele fugio para rua e um caminhao o atropelou foi muito triste ele era um shytizul branco muito maroto que roubava a boneca da minha filha e brigava pelas bonecas kkkk

Sinto pelo seu cãozinho... Também acabei de perder minha Husky e sei a dor que você está sentindo.
No começo, é muito difícil mesmo. A gente acha que vai morrer junto. Depois, a medida que o tempo passa, você aprende a conviver com a dor e com a perda de seu amigo.
Mesmo que você arrume um outro cãozinho, até da mesma raça que o seu, ele era único, ou seja, você nunca vai se esquecer dele, mesmo aprendendo a amar o outro com todo seu coração. O Togepi sempre terá uma lembrança dele guardada em você.
Espero que você se lembre que a maior alegria do Togepi era te ver feliz, por isso ele sempre brincava com você. Não foi culpa sua que uma pessoa, que mais deveria ser chamada de monstro, fez essa coisa horrível, de envenenar o Togepi.
Sei que você queria estar com ele nas horas de dor mas, com certeza, não teve oportunidade. Por isso, não se culpe, pois o Togepi não te culpa, com certeza. Se você sente tanta falta dele, com certeza ele era muito amado, e isto, esse sentimento de amor, ele levou com ele para o céu, pois todos os cachorros vão para um lugar especial, quando morrem.
Sinta sim a perda do Togepi, pois este é um processo normal em nossas vidas, mas se lembre sempre que ele gostaria de ver você feliz e aprenda, por ele, a conviver com este sentimento e, assim, volte a ser feliz outra vez.
Do Togepi, guarde todas as boas lembranças e sempre tenha carinho por ele, pois ele, pelo modo como conquistou você, era um cãozinho especial, que merece sempre ser lembrado e amado.
Mais uma vez, sinto por sua perda e desejo que você se torne forte outra vez... Abraço.

Sim... varios! mas uma e especial uma vira-lata q se chama-va Babi. Ela morreu de Cinomose. Foi os dias mais tristes de td minha vida.

Sim... quando eu tinha 6 anos morreu minha cachorra a princesa,ela estava gravida e a minha tia deu banho nela com um remédio muito forte e ela abortou e morreu logo depois...

Como eu morei 18 anos com meus avós, os cachorros sempre eram deles. Mas eu amava e sempre cuidava, considerava meu. Por morar muita gente no quintal e eles já terem os deles, meus pais não deixavam eu ter um pra mim. Assim meus avó tiveram vários, mas o mais recente que eu lembro era o Billy um cachorro lindo e terrível, muito bricalham, nossa um amor. Meu avó era apaixonado por ele e por uma gata que nós tinhamos, o billy e a gata eram o chodó da familia. Infezlimente o Billy morreu novinho, eu estava sozinha em casa e o billy escapou para a rua pois por ele ser pequeno conseguia passar pelo vão do portão. Um carro atropelou ele, eu o peguei entrei no carro do homem e fui para o veterinário. Assim o moço que me levou ao veterinário disse que não foi ele que atrapelou, mas foi ele sim os vizinhos viram e me contaram depois, ele só não fugiu porque eu cheguei. Mas ele disse para mim que o cara que tinha atropelado tinha fugido, e eu sozinha e desesperada acreditei e ele pra não ficar chato se propós a me levar no veterínário. Mas não tinha mais solução o Billy teve que ser sacrificado lá no Veterínário, não lembro muito bem o motivo, faz muito tempo. Mas ele chegou lá vivo ainda. :(((((((((((

sim, foi em 2013 o nome dela era BELINHA, ela morreu com ataque cardíaco.ela era super dorçio,mas ela tomou uma dose de calmante do pet shop e ficou com problemas de coração.

Sim,o nome dele era fofinho tinha apenas um aninho era esperto e brincalhão e não gostava de banho;
um dia fui passear com ele ai quando voltamos que colocamos ele no cantinho dele para dormir ele começou a vomitar,babar,fazer fezes e etc.Foi muito triste não deu pra levar ele no veterinário porque parecia ate que ele estava com "a Raiva"pois ele ficou se debatendo e babando muito.Depois ele foi acalmando e então ele morre,fiquei muuuuiiitooo triste.Agora pretendo ter outro cachorrinho pq gosto muito de cachorros e ele foi meu primeiro cachorrinho.sinto ainda saudades dele.

Sim,o nome dela era Princesa e tinha quase um ano,foi em 2013 :
meu pai estava lavando o carro e portão da frente estava aberto ela tava solta,quando o cachorro do posto veio " eu moro em frente ao posto de gasolina " os dois começaram a brincar e foram para o meio da rua,veio um carro,o cão do posto conseguiu desviar mas a Princesa não e foi atropelada na minha frente :´( ...
bom mas hoje eu tenho outro cãozinho e nome dele é Biscoito ele é um pinsher.Mas sinto muitas saudades dela...

Tom :/ ele era filhote, uma vizinha muito má que ñ gosta de bichos colocou veneno para matar a Pandora e quem acabou comendo foi ele, como era filhote ñ resistiu nunca esquecerei ele Tom <3

ñ.. eu nunca tive. . :/

Sim a kika, resgatamos ela de uma mulher que mergulhava ela na candida pra ela morrer......Mas nos fomos a luta e resgatamos ela.....morreu com 12 anos

sim tive um Rhottwaller que se chamava binladen e veio a falecer justamente há um ano com 11 anos de idade mas apresentou problemas de displasia femural e sofreu muito durante o tratamento. especialmente porque não gostava de ser tocado ou espetado (kkkkk) com agulha e nem gostava de tomar comprimido nem remédio liquido era muito difícil, e só quem conseguia dar na tora (enfiar goela abaixo era eu); mas foi um ótimo companheiro, que viveu comigo 11anos. agora estô com um labrador que adora roer as minhas sandálias e eu já as escondi dele e comprei brinquedinhos para distrair os dentinhos afiados

Sim, Bethoven era um poodle que ganhamos já com 2 aninhos ( a antiga dona do Bethoven iria abandona-lo pois irei se mudar) rapidamente falei com a minha mãe para ficar com ele minha mãe aceitou numa boa. Bethoven só ficava no quintal e só ia pra rua com a nossa companhia certo dia alguém esqueceu o portão aberto e ele acabou saindo para rua algum infeliz dos vizinhos deu veneno pra ele comer quando percebemos que o Bethoven estava passando mal rapidamente levamos ele no veterinário pra vê se dava tempo de fazer alguma coisa por ele. Bethoven não aguentou e morreu foi muito triste e nos restou a belinha que era filha do Bethoven logo tivemos a ideia de adotar um outro cachorro pois a belinha não podia ficar sozinha, descobrimos que a cachorrinha de uma amiga avia dado cria e acabamos pegando um filhotinho.

Tive um pastor alemao mestiço ele tinha 5 meses quando ele ficou doente eu fazia de tudo pra ele melhorar, ate que tava dando certo mas a doença era mais forte e acabou morrendo... partiu meu coração esse dia :(

Eu moro em apto e tenho gato e cachorro e eliminei pulgas e carrapatos com essa receita eu passo até em mim para n ter perigo antes do procedimento com os pets. vidro de álcool 1 garrafinha de preço+ acessível msm gosto de álcool com eucalipto (Álcool 46º de 1 litro )
10 pedrinhas de cânfora (vende em qquer farmácia a granel sob o custo de 0,20 centavos cada unidade 1 pacotinho de cravo da índia e 1 copo de vinagre branco (250 ml)
Modo de Preparo
Em uma copo coloque um pouco de álcool e as 10 pedras de cânfora e amasse as pedrinhas eu amassei com socador de alho que eu deixei só para isso, as pedras umedecidas com álcool se esfarelam facilmente.Depois de diluídas as pedras coloque em um recipiente o resto do álcool e 1 copo de vinagre branco (250 ml) e mexa bem passe p um garrafa pode ser de refrigerante com a ajuda de um funil coloque todo o pacotinho de cravo da índia feche bem a garrafa e agite o conteúdo tem pessoas que aplicam com o borrifador eu apliquei com chumaço de algodão
Borrife nos pelos de CÃES E GATOS, nos cantos da casa depois da limpeza e nas casinhas dos pets.Em animais com muitas pulgas e carrapatos fazer assim:
Borrifar a solução nos pelos e enrolar com uma toalha, aguarde até as pulgas morrerem e os carrapatos ficarem tontinhos, dai é só dar um banho no animal e depois de secar borrifar um pouco da solução na nuca para prevenir, futuras infestações.
No caso dos filhotes, pode-se usar em filhotes maiores que já tem meses, já foram vacinados, já podem tomar banho, ou seja em filhotes fortinhos e com boa saúde...não aplicar em recém nascidos e nem em animais debilitados!!
Cuidados:
Por favor cuidem com muita atenção os olhos, focinho, boca, mucosas em geral.Proteja com muito cuidado
Repita o processo semanalmente antes do banho até verificar que os insetos foram eliminados.
O ideal é não puxar o carrapato da pele
e sim fazê-lo soltar-se sozinho para evitar que seus ferrões
fiquem presos na pele e continuem a prejudicar o cachorro ou o gato, eu costumo colocar
um algodão com álcool na pele do cão até o carrapato se soltar e depois eu o removo e jogo em um copo com álcool cheio e empurre o carrapato p o fundo do copo p ele n subir evitando assim se contaminar e contaminar o ambiente. vc pode queimar os carrapatos c álcool dps se quiser.

Ja tive a Mika, cadelinha q apareceu na minha casa e adotei, tadinha foi atropelada e morreu.
Tive a Pantera e a Shana, 2 cimarron, que morreram em complicaçoes cirurgicas.
Agora tenho mais 2 cimarron a Nina e a Pantera(mesmo nome da anterior).
Minhas cachorras são minhas filhas, amoooo de paixão. Comverso com elas como se fossem gente. bju a todos

Max Zim é meu primeiro Pet. Aprendi com ele a ñ ter mais medo.

tive um cachorrinho chamado Binladen, que partiu há mais de um ano erra um rothwaller lindo. partiu para o ceu aos 11 anos de idade apesar de ta com outro cachorro, sinto saudades.

sim mas ela nao era exatamente minha a meghi ela era de raça salsicha pretinha uma graçinha morreu de leite maniose foi sacrificada por que nao tinha cura

Sim, dois. O primeiro foi o Loly que foi vítima de uma crueldade humana, deram cacos de vidro amassados no meio da carne e a segunda foi Mabel, mas uma que adotei, eu já a encontrei adulta abandonada em uma rodovia, eu e a minha mãe a levamos para casa cuidamos e tratamos ela trouxe muita alegria a minha casa conviveu conoscodurante doi anos, Mabel faleceu por conta da doença do carrapato, como ela era hiperativa não percebemos o inicio da doença, ela agia normalmente e apesar de doente ainda cuidava de mim quando eu estava doente, não saia do meu lado, quando percebemos um sangramento nela corremos para o vet, mas a doença estava num estágio muito avançado, mesmo assim tentamos de todas as maneiras e e assim como ela fazia eu fiz com ela, não sai do lado dela durante to resto da sua vidinha eu fui a ultima pessoa que ela viu.

Então, a sarna demodécica é genética... É transmitida através do aleitamento materno e não tem cura. Essa sarna não é contagiosa. Já estou levando ao veterinário, o tratamento com doramectina está fazendo efeito, porém como as vezes ela se coça muito acaba abrindo feridinhas que sangram...

Varios.Nunca vou esquece-los Amo caes eles são tudo de bom,com um Amor infinito por nós.Nosso melhor Amigo.

Sim três cachorras que eram muito especiais e que jamais serão esquecidas.

Ainda não... Paçoca é minha primeira companheirinha e confesso que não gosto de pensar muito sobre isso.

Não...

Muitos amiguinhos já estão no céu dos cachorrinhos, eu creio nesse lugar especial dos cãezinhos, gatinhos, passaros e etc pois nem tudo está escrito na Bíblia, há ainda mistérios que só à Deus cabe o conhecimento, muitas moradas Jesus disse.Nossa mente humana é limitada demis para saber e compreender o destino que deus dá a cada ser vivente.

Eu tive duas cachorras, uma dela era uma Poodle que chamava Nina, um dia ela tava doente passando muito mal ai eu e meu pai e minha mae também levamos ela no dia seguinte no veterinário pra ver o que tinha. Ai a veterinária falou pra mim e minha mãe ir pra casa pra mim ir a escola e ela trabalhar. Ai tube bem a gente foi mal chegamos e ela ligou falando que a Nina tinha acabado de falecer. Porque tinha saído sangue do nariz, orelha, boca e ate um pouquinho dos olhos. A outra se chamava Luana minha mãe não queria trazer ela pra cidade onde moro, então eu dei ela para uma mulher e falei se ela ia cuidar e tals do tipo ela me falou que sim ate ai tudo bem. Depois de um mês e meio minha tia me liga e fala que a Luana faleceu, porque foi atropelada, na hora comecei a chorar eu briguei com minha mãe falei que ela devia ter vindo com a gente e tals, mas também o marido da mulher era caminhoneiro na hora que ele foi tirar o caminhão de la ele não viu que ela estava atrás e passou por cima dela. :(

sim o mais recente eu peguei ela bem novinha e ela começou a sentir saudade do dono dela e dai ela não quis comer mais então eu levei ela no veterinário ela tinha que tomar uma vacina mas ela tava bastante desidratado e não pode tomar e no outro dia ella amanheceu morta eu fiquei bastante triste...

ja teve uns 3 casos mais oq mais me tocou foi sobre uma cachorrinha que minha familia nem conhecia ela entrou na garagem e deu cria e umas pessoas bem maldosas pegaram os filhotes e sem motivos os mataram eu ainda nem era nacsida mais quando meu pai me contou eu me perguntei pra que fazer isso as pessoas que fizeram gostariam que fizesse com elas? logico que no

Se foram para o céu , realmente não sei. Mas entendi o sentido da pergunta e já foram muitos que se foram.

Sim,treis,nāo gosto de falar me traz muita tristeza.

Sim. Era um cachorro pint 1
Não gosto de falar muito
disso trás muita tristeza

você precisa de nenhum dos gatos seguir ou gatinho? Savannah gato, gatinhos serval, Chausie, Caracal e jaguatirica gatinhos, se você precisa, então só me enviar e-mail agora em ([email protected])

Sim, se chamava Judy. Ela desenvolveu uma espécie de câncer e eu muito inexperiente não me importei c aquele caroço q mais parecia um sinal.Qdo fui cuidar era tarde demais...Eu passava noites acordada c ela passando a mão sobre ela pois ela quase não dormia com falta de ar... fiquei tão desesperada ao vê-la sofrendo tanto q pedi q os médicos sacrificaram mais eles disseram q não podia so SE ela parasse de comer. Quando foi um dia ela recusou o seu prato preferido: galinha, aí eu a levei , qdo cheguei ela olhou o mim e entrou na clínica pela primeira vez...pq tds as vezes eu a obrigava a entrar.Eu senti uma dor q até hj eu lembro. A Judy era um pastor alemão e deixou um legado de força e amor... cuidou de mim até na
última hora da sua vida, tentando me poupar de alguma maneira.

sim.....bolinha, uma cadela muito inteligente........morreu atropelada por uma moto......

Sim e choro sempre de saudades , resgatei ela da rua totalmente judiada , era tratada como uma lady , tanto que seu nome era Lady Vitória , mas ela já devia ter idade, mas o tempo que esteve comigo me deixou muitaaaaa saudades mesmo minha amada Lady !!

Sim. Uma linda SRD chamada Mel. Um bêbado a atropelou.:(

Sim, Rex ele se foi no ano passado, toda a família ficou muito sentida com a partida dele, ele já tinha 15 anos.

sim e sindo muita saudade da minha filha breta

Infelizmente uma hora todos vão. U.U

Meu pai e minha mãe, moram aqui neste mesmo bairro onde moramos até hoje, desde que nasceram, se conhecem desde criança, namoraram, noivaram e casaram e estão juntos até hoje, meu pai com 79 anos e minha mãe com 76 anos.
Nós sempre mantivemos a cultura da liberdade dos nossos amigos e familiares entrarem em nossa casa sem precisar chamar, pedir licença, bater ou tocar campainha etc... etc...
E nós gostávamos muito dessa liberdade que dávamos aos nossos amigos até ontem.
Infelizmente, depois da fatalidade que vivenciamos ontem (22/09/2016), de uma pessoa que entrou em nossa casa e deixou o portão aberto, fazendo com quê nossa cadelinha fugisse pra rua e fosse atropelada, levando-a a morte, esta cultura está suspensa.
Todos, sem exceção, terão que chamar, tocar campainha etc...etc....
Nós não vamos dar a oportunidade que isso aconteça com os nossos outros animais de estimação.
Estamos assimilando ainda o ocorrido, pois ainda estamos em choque, como uma fatalidade e não uma displicência e irresponsabilidade, de uma pessoa que sabe que temos vários animais em casa,entrou e deixou o portão aberto.
Estamos muito abalados pela perda da nossa, LUANNA, mas nos conformaríamos, com mais facilidade se ela tivesse morrido de velhice e não da forma trágica que morreu!!!!
Meus caros amigos e frequentadores do meu lar, espero que compreendam meu desabafo e cumpram as nossas novas regras.
Sem mais!

Tive duas poodles, irmãs! Ambas cardiopatas. A mais nova (Maria Patrícia) faleceu em Outubro de 2015 e a mais velha (Meg) faleceu em Janeiro de 2016.
Tinham uma diferença de dois anos!
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo