Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

como curar sarna

6294 visualizações

Respostas


Olá Mario, acredito que este artigo pode te ajudar. Já ajudou muita gente neste mesmo problema: Como curar sarna de cachorro.

1. Acabe com qualquer tipo de sarna
Remédio natural: melão-de-são-caetano(ou melão amargo)

Antes de usar essa receita tenha certeza de que é sarna mesmo. Fungo, alergia e outras doenças de pele também causam queda de pelos. Se for sarna, diariamente, por três semanas, dê um banho normal no bicho, seque com uma toalha e aplique o suco puro do melão. Deixe agir por 10 minutos (ele não pode lamber, é tóxico!), enxágue bem e seque.

A maioria dos cães saudáveis sempre carrega uma pequena população de Demodex mites. A demodécia pode ser localizada, o que significa que se estabeleceu somente em uma área do corpo do cão ou pode ser generalizada, espalhando-se por todo o corpo. A demodécia localizada é mais comum e freqüentemente melhora de maneira espontânea. Por outro lado, a demodécia generalizada, que felizmente é muito rara, exige que o cão tome banhos de imersão uma ou duas vezes por semana, entre seis e oito semanas. Normalmente, o cão precisa ser depilado para que o banho seja mais eficiente.

Acredita-se que a demodécia seja, ao menos em parte, genética e cães que possuam essa característica devem ser esterilizados, de modo que não passem a característica adiante. As raças que tendem a ser mais afetadas pela demodécia são a Afghan, Pit Bull Terrier, Staffordshire Terrier Americana, Terrier de Boston, Boxer, Buldogue, Chihuahua, Shar-Pei, Collie, Dálmata, Doberman, Pastor Alemão, Dinamarquês, Pastor Inglês e Buldogue miniatura (pug).

Outro tipo de acaro de sarna, o Sarcoptes Scabei (var. canis), é a causa da sarna sarcóptica, mais conhecida como escabiose. Esses ácaros abrigam-se na camada mais externa da pele e põem ovos. Os ovos são chocados, as larvas amadurecem e o ácaro adulto recomeça o ciclo. A escabiose é altamente contagiosa e é uma das afecções mais comuns e que podem ser transmitidas de cães para pessoas por meio do contato direto.

O que fazer

A melhor estratégia para o tratamento da sarna é a prevenção. Escovações e banhos regulares ajudarão a remover crostas e pele descamada provocada pela sarna e podem ajudar a manter seu cão livre dessa doença. Se seu cão tiver sido infestado por ácaros de sarna, lave totalmente sua cama ou outras áreas em que ele dorme. Não tente qualquer outro tratamento caseiro até que você tenha levado seu cão ao veterinário.

Quando ir ao veterinário

Os sinais de demodécia localizada são perda de pêlos e crostas de pele e pele avermelhada ao redor do focinho ou patas dianteiras. A demodécia generalizada apresenta sinais similares, porém mais espalhados e severos. Para diagnosticar a demodécia, seu veterinário raspará suavemente parte da camada superficial da pele do cão e examinará o material sob o microscópio para ver se há ácaros. Se necessário, o veterinário prescreverá um banho e antibiótico para evitar qualquer infecção secundária provocada por arranhões. Infelizmente, a demodécia é persistente e não há garantia de recuperação, especialmente em cães mais idosos.

Os sinais de escabiose são perda de pêlo, pequenos inchaços avermelhados e coceira intensa. Como a sarna demodética, a escabiose é diagnosticada através de raspagem da pele e tratada com um banho semanal que seu veterinário prescreverá. Se seu cão tiver escabiose, você precisará isolá-lo até que o tratamento se complete e limpar totalmente tudo o que tiver entrado em contato com ele. Os ácaros da sarna sarcóptica são extremamente persistentes, de modo que outros cães da casa também devem ser tratados, mesmo que não apresentem sinais.
Cuide bem do seu cãozinho!

Use sabonete de enxofre.

lavar o local com sabonete matacura e depois aplicar aplicar SARNAK.

Olá!

Em primeiro lugar, para tratar a sarna de cachorro de modo bem feito, o dono deve levá-lo a um veterinário imediatamente. Só ele saberá se o cão realmente tem sarna e qual o tipo de sarna canina. Tratamento adequado somente um veterinário que tenha realizado uma consulta clínica presencial pode oferecer. Normalmente, utiliza-se um antiparasitário que poderá ser administrado de maneira injetável ou oral. A realização de banhos com sabonete terapêutico também auxiliará no tratamento da doença. Ahh, e uma coisa importante: Devem ser tratados todos os animais que estão em contato com o animal doente.
O importante mesmo é que se evite que seu animalzinho venha adquirir a sarna, mantendo sempre uma boa higienização da caminha, brinquedos, potinhos de comida e água, roupinhas e até do próprio pet. Ah, devemos também cuidar da nossa saúde, lavando sempre as mãos após manusear animais, pois também podemos nos contaminar com o agente causador da doença. Mas, caso você chegue a contrair a sarna, deixo aqui uma dica que vi em um site:

Ingrediente: Azeite de oliva
Modo de preparo: Aquecer o azeite e quando estiver morno, fazer uma massagem na região afetada com o auxílio de uma gaze ou algodão várias vezes ao dia.

Outro remédio caseiro para escabiose ou sarna é a realização de banhos quentes 2 a 3 vezes com shampoo e sabonete neutro, para controlar o crescimento dos ácaros.

Além destes remédios caseiros, é necessário que as roupas da pessoa infectada, assim como a roupa da cama, sejam lavadas com água quente, separadas das roupas dos outros membros da família e passadas a ferro depois.

Espero ter ajudado!
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo