Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

COMO CURAR TOSSE EM CACHORRO

24144 visualizações

Respostas


Rita, Prezada, Boa Noite e Boa Semana. Abaixo aponho algumas informações de maneira que tenhamos pesquisado para solucionar o assunto.

Fraternalmente,

Gilmar

para tratar adequadamente deste sintoma é preciso antes saber exatamente qual a causa da tosse e somente apos consulta veterinaria terás certeza do que é e como tratar!

Existem alguns tratamentos alternativos que estao se popularizando e tem otimos resultados (MAS NAO SUBSTITUEM O TRATAMENTO VETERINARIO, apenas ajudam!)

Plantas para o tratamento de animais
ANTES DE USAR UMA PLANTA EM UM TRATAMENTO Esteja bem certo de que você identificou a planta correta. Se você tiver dúvidas, peça orientação de uma pessoa com experiência em tratamentos que fazem uso de ervas. Nunca use uma planta a menos que você esteja certo de que é a planta certa.

PARA FAZER UM CATAPLASMA Triture e amoleça o material da planta fresca. Misture com um pouco de óleo aquecido, aplique a solução sobre a pele e mantenha-a no lugar com um pedaço de pano limpo. Às vezes, é possível usar arroz cozido e triturado ou amido de milho no lugar do óleo.

PARA FERVER FOLHAS Use potes de barro, se possível, e ferva por 15–20 minutos. Deixe esfriar e coe o líquido antes de usá-lo.

1 xícara (chávena) equivale a aproximadamente 200ml


Tamarindo
PARTE USADA folhas frescas
PARA TRATAR resfriados, tosse e febre
MÉTODO Ferva um quilo de folhas em 4,5 litros de água. Quando estiver frio, divida o líquido em pequenas doses e dê 1 dose ao animal 2–3 vezes por dia, até que o animal se recupere. Ferva as folhas e esprema o líquido sobre o animal com uma esponja para aliviar a febre.


Tãruma (tapinhão, tarumão, toruma)
PARTE USADA Folhas frescas
PARA TRATAR resfriados, tosse, febre e feridas
MÉTODO Ferva meio quilo de folhas em 2 litros de água. Faça o animal beber o líquido 2–3 vezes ao dia por 3–4 dias. Esprema o líquido sobre o animal com uma esponja para aliviar a febre. Ferva folhas frescas e use o líquido para limpar arranhões, cortes e feridas.

Boa Tarde Rita!

Determinar por que seu cão está tossindo é necessário antes de tentar qualquer medicação. A razão mais comum para isso é a tosse canina, conhecida como tosse de canis.
A tosse de canis, mais conhecida como tosse de cão é causada geralmente pela ação de agentes infecciosos, como a bactéria denominada Bordelha Bronchiseptica e de dois vírus, o Parainfluienza e o Adenovírus, os quais agem de forma isolada ou em conjunto. Geralmente ataca os recém desmamados ou adultos com sistema imunológico fragilizado (estresse ou doenças como verminoses, anêmicos).
Geralmente, os cães que estão resfriados, o principal sintoma é a tosse seca, a qual parece que o animal está engasgado, e muitas vezes podendo expelir uma espécie de espuma branca. Esta tosse costuma piorar com a realização de atividades físicas, agitação e até mesmo pela utilização da coleira, pois este utensílio provoca uma pressão na região.
Em caso mais graves, o animal pode apresentar secreção nos olhos, falta de apetite, coriza e febre, sendo que em filhotes e em animais debilitados o quadro pode evoluir para problemas mais sérios, como por exemplo, a pneumonia. O tratamento desta doença e tosse é básico, sendo que consiste no uso de antibióticos, xaropes para aliviar a tosse, antiinflamatórios e confinamento do animal, evitando que o mesmo fique exposto ao vento, frio, umidade e ainda, evitar banhá-lo nas semanas seguintes até que a tosse desapareça.
Para os proprietários que contam com mais de um cão em casa, é possível perceber que cada animal contraia a doença com uma certa gravidade, sendo esta uma semelhança com a gripe humana, por isso, é indicado que principalmente nas épocas mais frias do ano procure proporcionar ambientes mais quentes e maior proteção contra o frio ao seus animais. Além disso, evite levá-los para passear em ambientes em que haja muita concentração de animais, como jardins, parques, canis, parques e lojas de animais. Vale lembrar que a gripe canina pode não apresentar a tosse seca, geralmente, este sintoma é mais comum em animais cardiopatas, isto é, em caos que contam com problemas cardíacos,, sobretudo, os idosos. Desta forma, é sempre importante levar seu cão a uma visita ao veterinário de confiança para o diagnóstico correto e adequado.

Boa Tarde Rita!

Determinar por que seu cão está tossindo é necessário antes de tentar qualquer medicação. A razão mais comum para isso é a tosse canina, conhecida como tosse de canis.
A tosse de canis, mais conhecida como tosse de cão é causada geralmente pela ação de agentes infecciosos, como a bactéria denominada Bordelha Bronchiseptica e de dois vírus, o Parainfluienza e o Adenovírus, os quais agem de forma isolada ou em conjunto. Geralmente ataca os recém desmamados ou adultos com sistema imunológico fragilizado (estresse ou doenças como verminoses, anêmicos).
Geralmente, os cães que estão resfriados, o principal sintoma é a tosse seca, a qual parece que o animal está engasgado, e muitas vezes podendo expelir uma espécie de espuma branca. Esta tosse costuma piorar com a realização de atividades físicas, agitação e até mesmo pela utilização da coleira, pois este utensílio provoca uma pressão na região.
Em caso mais graves, o animal pode apresentar secreção nos olhos, falta de apetite, coriza e febre, sendo que em filhotes e em animais debilitados o quadro pode evoluir para problemas mais sérios, como por exemplo, a pneumonia. O tratamento desta doença e tosse é básico, sendo que consiste no uso de antibióticos, xaropes para aliviar a tosse, antiinflamatórios e confinamento do animal, evitando que o mesmo fique exposto ao vento, frio, umidade e ainda, evitar banhá-lo nas semanas seguintes até que a tosse desapareça.
Para os proprietários que contam com mais de um cão em casa, é possível perceber que cada animal contraia a doença com uma certa gravidade, sendo esta uma semelhança com a gripe humana, por isso, é indicado que principalmente nas épocas mais frias do ano procure proporcionar ambientes mais quentes e maior proteção contra o frio ao seus animais. Além disso, evite levá-los para passear em ambientes em que haja muita concentração de animais, como jardins, parques, canis, parques e lojas de animais. Vale lembrar que a gripe canina pode não apresentar a tosse seca, geralmente, este sintoma é mais comum em animais cardiopatas, isto é, em caos que contam com problemas cardíacos,, sobretudo, os idosos. Desta forma, é sempre importante levar seu cão a uma visita ao veterinário de confiança para o diagnóstico correto e adequado.
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo