Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Meu cachorro possui sarna negra, ouvido vive inflamado, olhos coça muito já usei muitas pomadas sem sucesso, Peço indicação pomada para os olhos e ouvido

324 visualizações

Respostas


Nossaa Zilda... Que ruim isso!
Não sei lhe informar medicamentos próprios... Mas estimo as melhoras de seu cãozinho, só pelo fato de vc estar perguntando sobre possibilidades de tratamento já é um sinal de que vc o ama e está procurando o melhor para ele, e isso faz muita diferença.
Boa Sorte!!!

Zilda, Bom Dia. Prezada, veja com seu veterinário se o seu cãozinho não possui sarna otodécica (de ouvido), que deva ser tratada em separado, da própria sarna negra, além disso, talvez, até já tenhas tentado, mas existem as vacinas utilizadas compostas por células inativas de bactérias do gênero: Propionibacterium, Escheriquia e Corynobacterium, que devam ser eficazes para este problema

Existem, também, medicamentos como a Inosina, que favorecem a recuperação do código genético inibindo a replicação de bactérias e fungos. Medicamentos cuja formulação contenham selenito de sódio, aminoácidos e vitaminas do complexo B contribuem de forma expressiva para a melhora do estado geral do paciente.

Espero ter ajudado e estimo que consigas recuperar a sanidade de Vosso cãozinho.

Fraternalmente,

Gilmar

Tratamento Externo:
Para que haja maior contato do medicamento com a pele, é necessário tosquiar inteiramente o animal. Produtos emolientes que facilitam a remoção das crostas são aplicados na forma de loções ou xampus. A aplicação de parasiticidas diluídos em água, duas vezes por semana, proporciona uma ação sarnicida muito eficaz. Nos casos de infecções secundárias, os medicamentos mais utilizados são produtos à base de Cloretidina, Benzoato de benzila, Cetoconazol, etc..

A formulação dos produtos ou utilização de medicamentos existentes no mercado são opções de escolha do médico veterinário.

Tratamento Sistêmico:
Combatemos as infecções secundárias com o uso de antibióticos escolhidos através de testes de sensibilidade ("Cultura e Antibiograma") e administrados por longo período. O exame parasitológico das fezes indicará a necessidade de vermifugação. O animal deverá ter uma dieta alimentar rica em proteínas, vitaminas e sais minerais sendo necessário uma suplementação adicional.

O tratamento imunológico é, sem dúvida alguma, o mais importante! O objetivo deste tratamento é estimular as defesas naturais do organismo, de uma maneira segura, eficaz e sem nenhum efeito secundário. As vacinas utilizadas são compostas por células inativas de bactérias do gênero: Propionibacterium, Escheriquia e Corynobacterium. Em geral são feitas aplicações por via intra-muscular com intervalo semanal durante alguns meses de tratamento. Como a quantia de vacina injetada é muito pequena, utilizamos seringa do tipo insulina, que pode ser facilmente aplicada pelo proprietário do animal.

Dispomos também de medicamentos como a Inosina, que favorecem a recuperação do código genético inibindo a replicação de bactérias e fungos. Medicamentos cuja formulação contenham selenito de sódio, aminoácidos e vitaminas do complexo B contribuem de forma expressiva para a melhora do estado geral do paciente.

Em suma, pela breve descrição da complexidade da Demodecicose, podemos concluir que é de fundamental importância a orientação do médico veterinário para alcançarmos a cura desta terrível doença.
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo