Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta respondida

Porque minha cachorrinha morde frequentemente as patas?

9849 visualizações

Respostas

Melhor resposta

Alergias a grama, bolores e pólen podem ser uma causa comum deste problema. É por isso que estes animais frequentemente lambem as patas logo após vindo de fora de casa.
Alergias inaladas ( atopia canina ) ou alergias atuais às vezes pode ser controlada simplesmente reduzindo a exposição a estes alérgenos. Muitas vezes, um spray contendo gentamicina e beclometasona ou betametasona utilizados nas patas é bastante útil . Ele deve ser massageado na pele das patas. Alguns cães respondem bem melhor aos anti-histamínicos, tais como Benadryl, e também outros shampoos medicamentosos. O uso de uma solução amarga sobre as patas também desencoraja os cães de as lamberem.
Alérgia na pata causa o hábito de lamber e o que poderá ser mais provável que o animal tenha outras coceira em outras partes do seu corpo - infecções de ouvido ou os olhos duros. Se mais de um desses sintomas de alergia está presente, você terá que levar o seu cão ao veterinário (ou um dermatologista veterinário) que pode realizar testes de sensibilidade da pele e, eventualmente, tentar desensibilizar seu cão com as injeções .
Outra causa comum de lamber a pata é enfeitando as patas que é uma atividade canina normal, e de higiene que pode ser levada a um extremo pelos cães.
Nos cães mais velhos, os cães de gordura - gordos - ou os cães deixados sozinhos por longos períodos de tempo, esse problema muitas das vezes se torna um vício nervoso, um comportamento compulsivo.
O confinamento, a solidão e a ansiedade de separação também têm sido implicados no lamber a pata. Muitas das vezes, é muito difícil determinar se um problema é físico ou psicológico e se está causando no cão o hábito de lamber a pata obsessivamente ou é higiene dessas áreas. Mudar a rotina do seu cão é o melhor remédio para esta forma da doença, mas alguns cães precisam medicamentos psicotrópicos ( Clomicalm , Anafranil ) , para quebrar o ciclo.
Nos cães mais velhos, animais de estimação ou de obesidade, por lamberem por longo tempo suas patas podem causar problemas de artrite dos ossos, dos dedos, dos pés.
Esses animais geralmente respondem à aspirina ou um dos mais novos não-esteróides anti- inflamatórias, tais como Rimadyl ou Etodolac . Um raio X e exame físico pode confirmar essa condição.

Os cães tem esse comportamento por várias razões, que vão desde alergias e tédio, até infestação por parasitas.

• Alergias. Quando a coceira nos cães fica fora de controle, ela é geralmente o resultado de alergias a alimentos ou a causas ambientais, incluindo mofo e pólen. Os cães também podem desenvolver uma irritação de pele denominada “dermatite alérgica por contato”, quando eles entram em contato com substâncias como pesticidas ou sabão.
• Tédio ou ansiedade. Assim como as pessoas ansiosas podem roer suas unhas ou ficar enrolando o cabelo nos dedos, os cães também respondem fisicamente a algo que os chateia. Alguns cães desenvolvem uma condição parecida com a desordem obsessiva-compulsiva dos humanos. Ela pode se manifestar com comportamentos como lamber, coçar ou morder alguma parte do corpo, podendo causar danos severos.
• Pele seca. Uma variedade de fatores, incluindo o clima frio e uma deficiência de ácidos graxos, pode causar o ressecamento da pele dos cães. Seu bichinho pode responder ao desconforto lambendo ou coçando a pele e o pelo.
• Desbalanços hormonais. Se o organismo do seu cão não está produzindo hormônio tireoidiano suficiente, ou ainda produzindo muito cortisol, infecções cutâneas superficiais podem ocorrer. Você vai notar pequenos pontos vermelhos na pele, e seu cão vai lambê-los ou coçá-los como se estivesse incomodado com alguma alergia. Porém, há também outras causas para o aparecimento dessas lesões.
• Dor. Ao tentar determinar se seu cão está lambendo ou coçando excessivamente, considere a possibilidade de que alguma coisa o está deixando desconfortável. Por exemplo, se você notar que seu cão está mordendo a pata repetidamente, ele pode ter um espinho preso nela. Também pode indicar um problema ortopédico, incluindo problemas de coluna e displasia coxofemural.
• Parasitas. Entre as causas mais comuns de coceira em cães, estão as pulgas, carrapatos e sarnas. Embora os carrapatos sejam geralmente visíveis a olho nu, as pulgas geralmente passam despercebidas até que haja uma grande infestação, e as sarnas são microscópicas. Portanto, não assuma que seu cão não está com parasitas só porque você não pode vê-los.

Como existem várias causas para os cães se coçarem, leve seu cão ao veterinário assim que notar algum problema. Ele vai te ajudar a descobrir a causa do comportamento, e determinar a melhor forma de tratamento. Dependendo da causa do comportamento compulsivo do seu cão, o tratamento pode incluir:

• Eliminar os parasitas.
• Mudar a alimentação.
• Medicação própria.
• Prevenir o comportamento.
• Abordar a ansiedade ou o tédio.

Algumas vezes, comportamentos compulsivos de lamber, coçar ou morder, se desenvolvem em resposta ao medo, stress ou estímulos inadequados. Para reduzir as chances de isso acontecer, tenha certeza de que seu cão recebe quantidades adequadas de exercício, atenção, e amor. Também é de grande ajuda treinar seu cão a roer brinquedos ou ossos para aliviar o stress substituindo assim o comportamento compulsivo.

Uau! Ótimas respostas!
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo