Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta respondida

Fale a respeito da raça canina "Cão da Serra de Aires".

207 visualizações

Respostas


Raça portuguesa alentejana, regiao produtora de bons vinho e azeites extavirgens bem confiaveis. Este e um bom vigilante, desconfiado com estranhos e docil e obediente aos seus familiares, cachorro robusto e rustico, de porte grande.
Fato interessante e que, pelas caretas e feiçoes e trejeitos de sua face e chamado de "C~~ao Macaco".
Melhor resposta

O Cão da Serra de Aires, ou simplesmente o Serra d'Aires, é natural de Portugal e pode ser encontrado na região da serra que lhe deu o nome.
Os antecessores do cão de Serra de Aires não são claros. As semelhanças físicas entre esta raça e o Pastor dos Pirinéus sugerem que o Serra de Aires pode ser uma variante que se fixou na região e evoluiu paralelamente.
O que realmente se sabe é que o Conde de Castro de Guimarães encomendou um casal de cães da raça Berger de Brie (ou Briard), que durante muito tempo foram considerados os pais do Serra de Aires.

Contudo, pensa-se que este casal terá contribuído para o aperfeiçoamento da raça, em vez de a ter formado.
ASPECTO GERAL
Cão de tamanho médio, sub-longelíneo. É excepcionalmente inteligente e muito vivaz. Possui uma rusticidade e sobriedade apreciáveis. É muito dedicado ao pastoreio e ao gado que cuida, afasta-se dos estranhos e vigia durante a noite.
Suas atitudes e sua aparência são as de um macaco, e por isso em seu país o chamam "cão símio". No Alentejo se o utiliza, particularmente, para cuidar e conduzir todo tipo de rebanho (ovelhas, cabras, bovinos, cavalos, suínos). É muito apreciado por sua habilidade para manter os rebanhos nos pastos e para buscar os animais que escapam. RAÇAS DE CÃES - PASTOR PORTUGUÊS - CÃO DA SERRA DE AIRES
REGIÃO CRANIANA
Cabeça: forte, ampla; não é larga, nem esférica.
Crânio: Um pouco mais longo que largo; é avultado sobre os dois eixos, porém ainda mais visto de perfil. As sobrancelhas não são proeminentes. O sulco frontal é pronunciado até a metade do frontal. O espaço inter-auricular é quase plano. A protuberância occipital é aparente; as linhas superiores crânio-faciais são divergentes.
Stop: bem marcado.
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo