Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta em aberto

Fale o que puder sobre o "Lébrel Asiático".

185 visualizações

Respostas


Prezada, parabéns pela pergunta mais difícil de ser pesquisada, do conhecimento e aprendizado que já tive, seja ao longo de minha vida e aqui no BP, acredito que a referência seja o
Afghan Hound, se assim for, a parabenizo, também, pelo bom gosto, porque admiro, por demais esta raça, então, vamos lá:

O Afghan Hound não é um cão muito obediente, o que não quer dizer que ele seja desapegado aos donos. Pelo contrário, pois é bastente dócil e amável, embora sua personalidade seja bem independente.





















Nome da Raça: Afghan Hound, Galgo Afegão, Lebrél Afegão
Origem: Afeganistão
Utilização: guarda e companhia
Porte: grande
Pelagem: pelo longo
Cores: variadas
Temperamento: dócil, gentil e independente



O Afghan Hound não é um cão muito obediente, o que não quer dizer que ele seja desapegado aos donos. Pelo contrário, pois é bastente dócil e amável, embora sua personalidade seja bem independente. Pode-se dizer que seu comportamento é até mais "felino" do que "canino", ou seja, não vai ficar seguindo o dono pela casa e nem ficar pedindo carinho o tempo todo. É ideal para quem não quer ter um animal muito carente.
Trata-se de um cão bastante tranquilo, e não costuma latir em excesso. Seu relacionamento com outros cães, gatos e crianças é bem variável. Mas é certo que podem "caçar" roedores devido à sua origem (cães lebréis), então é melhor evitar o convívio com coelhos, hamsters e outros pets do gênero.

Histórico

Raça originária do Afeganistão, foi trazida por povos nômades até a Ásia oriental (China e Índia). Era usado como cão de caça, mas quando chegou à Europa no início do século 20 (1907), foi transformado em cão de companhia por causa de sua beleza e porte "aristocrático".
Alguns historiadores baseiam-se em um manuscrito chinês para provar que o Afghan, conhecido como Tazi em seu país de origem, seria o descendente direto dos primeiros canídeos que habitavam as estepes asiáticas há 100 mil anos.
A palavra Tazi, utilizada pelos afegãos para o nome da raça, significa ‘rápido’ ou ‘branco’. O termo também seria o nome de uma cidade entre Ghazni e Kandahar, onde o sultão Muhmud de Ghazni se dedicou aos Afghans por terem ajudado a conter uma invasão hindu.

Cuidados e Dicas

Não há doenças específicas para a raça, pois os Afghans são cães fortes e resistentes. Contudo, podem apresentar alguns problemas como otite, tártaro, gengivite, catarata juvenil e raquitismo, pois crescem bem rápido. Logo, alguns cuidados devem ser tomados, como a limpeza regular das orelhas e a escovação frequente da pelagem para que não fique cheia de nós. A aplicação de uma mistura de condicionador e água borrifada sobre os pelos ajuda a desembaraçá-los. Já para filhotes, uma alimentação complementar com cálcio ajuda a prevenir o raquitismo.

Curiosidades

Por sua origem ser muito antiga, existem lendas que apontam os Afghans como os representantes da espécie canina na arca de Noé.
Segundo o pesquisador Stanley Coren, o Afghan é o último colocado no seu índice classificatório sobre inteligência canina. Isso não quer dizer que a raça seja deficiente, apenas não obedece a qualquer comando.

Na verdade, a resposta que procuro está ligado ao antiguíssimo Greyhound Asiático (Galgo Asiático)...
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo