Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta respondida

Fale sobre a raça canina "Pinscher Austríaco".

404 visualizações

Respostas

Melhor resposta

Bom Dia e uma Semana abençoada a Você e aos Seus, minha prezada Amiga BP.

O Pinscher Austríaco é um cão corajoso, com personalidade viva e sagaz, que gosta de proteger sua família e seu território. Ao mesmo tempo, consegue ser afetuoso com os donos e apreensivo perante estranhos. Apesar de ser considerado um cão familiar, não aprecia muito a vida urbana e é realmente feliz em espaços amplos, onde possa expandir a sua energia

Ele possui estatura média, cuja altura varia entre os 36 cm e 51 cm. Pesa entre 12 kg e 18 kg e é dotado de uma pelagem grossa, dupla e lisa, cujas tonalidades podem variar entre o amarelo, ruivo-cervo, preto e castanho.

O crânio do Pinscher Austríaco é amplo, dotado com um sulco pronunciado, e o chanfro é definido. Seus olhos são grandes, normalmente escuros, e os maxilares são fortes. As orelhas de inserção alta são pequenas e dobradas para frente.

A raça tem bem definida a cernelha (a parte proeminente da escápula – omoplata ou ombro – do quadrúpede), o dorso largo e robusto, tal como as restantes partes do corpo, que revelam uma ossatura forte. Na cauda de inserção alta, a pelagem é abundante e densa.

A raça tem uma média de vida de 12 a 14 anos e é considerada saudável. No entanto, o Pinscher Austríaco geralmente se apresenta vulnerável à displasia da anca ou à luxação congênita, que consiste numa anomalia física da parte superior do osso da coxa, que afeta a articulação do seu quadril, tornando-o instável. Os sintomas mais comuns desta malformação são: dores após o exercício físico, a resistência ao movimento, a perda de massa muscular. Caso seja detectado algum destes sintomas, é aconselhável que seja tratado com urgência, pois pode ficar impossibilitado de caminhar.

A história da raça tem início na vida rural da Áustria, no final do século XVII, quando desempenhavam o papel de cães de guarda e guardadores dos rebanhos. Primo do Pinscher Alemão, há quem defenda que descende dos antigos Pinschers Rurais.

O pinscher é um cão que faz parte do gênero "Apontador" que também engloba outras raças como Doberman, Schnauzer e Pinscher Austríaco de pêlo curto. Não se sabe a origem correta dessa raça, mas provavelmente ele é descendente dos grandes Pinschers Alemães, que foram cachorros de porte grande e pelos lisos com a utilização na área urbana para caçar ratos e em conduzir a boiada nas fazendas. Não existem mais exemplares dessa raça, pois, encontram-se extintos. O cachorro pinscher que atualmente temos conhecimento é o pinscher miniatura e também o anão, que são consideradas as menores raças de guarda do mundo. Seu reconhecimento como raça ocorreu em 1879.

Algumas características da raça são: pelagem lisa e curta, coloração preto com caramelo, existe também na cor totalmente preta. A altura dos machos é de 35 cm e as fêmeas chegam a 30 cm. O peso varia de 3,5 kg até 4,5 kg, muito agitado por isso tem um alto nível de energia.

É um animal que, por ser de porte médio, é recomendado ser criado em vários ambientes, principalmente, em apartamentos. Tem muita energia e com isso devemos exercitá-lo para que gaste toda essa energia acumulada. Ele é muito dócil, carinhoso, amoroso e apegado aos seus donos, já com estranhos é um pouco desconfiado e por isso late com bastante freqüência, tendo um instinto de guarda do seu território. Mas se adestrado corretamente, não vai latir tanto e os convidados poderão se relacionar com ele de uma forma amigável.

Tem um comportamento brincalhão, curioso, corajoso, teimoso e independente e, por isso, gosta de brincar e mexer em tudo que esteja ao seu redor no momento. É de fácil adestramento, pois, é muito inteligente e aprende facilmente. Existe um ranking onde se classificam as raças de acordo com a sua inteligência, e o pinscher se encontra na 36ª posição.

Preocupações e Cuidados com a Raça

A preocupação é mínima em relação aos cuidados, com o cachorro pinscher. O dono só tem que se preocupar com a supervisão do animal quando está brincando tanto sozinho quanto com crianças, pois, pode se acidentar como qualquer outra raça. Seus pelos são de fácil escovação, limpos e sedosos e não precisam ser tão banhados. Por terem uma imensa energia, atividades e exercícios diários são bastante recomendados, tanto fora de casa como dentro. Apresentam grande longevidade, com uma expectativa de vida de 12 até 14 anos, saudáveis, mas podem ser propícios a apresentar algumas condições adversas como:

Seus dentes podem não cair, apresentando dentição dupla;
Necrose do fêmur, que é uma doença hereditária;
Outra doença hereditária que pode afetá-los é uma luxação patelar que ocasiona o deslocamento do joelho;
Sua alimentação tem que ser controlada e balanceada para não causar obesidade;
Não deixar pequenos objetos que podem ser engolidos para não causar problemas de infecção intestinal.
Nos pet shops seu preço vai depender do tamanho e da linhagem podendo ser vendido de R$ 350,00 a até R$ 1.500,00.

Não tem muito a ver com o que pensemos dos Pinschers ou com o Dobermann, que nos são mais conhecidos, porém, é uma pedida muito boa para quem tenha amplidão de espaço e não muito tempo para dispensar a um Bom e Fiel Amigo. Lembra, pelo seu perfil, muito a história das velhas fazendas em que o alarme sempre era dados pelos Amigos Cães.

Fraternalmente,


Gilmar
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo