Blupet
Olá visitante, faça login para participar:
Pergunta respondida

Fale sobre o "Sabujo Tricolor Sérvio", também conhecido como "Sabujo Iugoslavo Tricolor".

209 visualizações

Respostas

Melhor resposta

Prezada, Boa Tarde.

A Mim parece um Beagle cruzado com um caçador de raposas americano, até nas aptidões e tão bonito quanto as duas raças, todavia, transmito alguns apontamentos do que pesquisei e julguei interessante ao conhecimento de todos os nossos comuns da BP, ensejando e esperando que, ao menos com a pesquisa pronta e didática, visualizem.

Vamos lá:

NOME PRINCIPAL:
SABUJO SÉRVIO TRICOLOR

Nomes pelos quais, também, é conhecico?
Serbian Tricolor Hound
Chien Courant Serbe
Srpski Trobojni Gonic - Segugio dei Balcani
Sabujo dos Balcâs
Sabujo Iugoslavo Tricolor.


ORIGEM
O Sabujo Tricolor tem as mesmas origens de outros sabujos balcânicos.
Em 1946 a teoria que essa raça era uma mera variedade do sabujo sérvio foi refutada; foi concedido o status de raça pura e o primeiro padrão foi lavrado.

A raça foi apresentada aos círculos cinológicos na Exposição Internacional de Belgrado em 7 e 8 de junho de 1950.
A F.C.I. reconheceu a raça e publicou o padrão para o sabujo tricolor iugoslavo em 25 de julho de 1961.

ASPECTO GERAL
Cão de porte médio de constituição robusta. De bom caráter, animado e enérgico.

PROPORÇÕES IMPORTANTES
O comprimento do tronco, medido da ponta dos ombros até a ponta das nádegas é 10% maior que a altura na cernelha.
O comprimento da cabeça é igual a 45% da altura na cernelha.

REGIÃO CRANIANA
Dolicocéfalo (crânio estreito, base conectada com grande comprimento); linhas superiores do crânio e focinho são divergentes.
O crânio, visto de frente e de perfil, é ligeiramente arqueado com um sulco sagital pronunciado. A crista occipital não é muito desenvolvida. A distância entre as orelhas é igual à distância entre o stop e a crista occipital. Arcadas superciliares quase imperceptíveis.
Stop: quase imperceptível.

REGIÃO FACIAL
Olhos: amendoados, quase ovais, de tamanho médio. Pigmentação da orla das pálpebras é escura (preferencialmente preta). A cor da íris é o mais escura possível.
Focinho: cuneiforme; mais curto que o crânio, a proporção ideal entre o comprimento do focinho e o do crânio é de 8,5:10. Seu diâmetro diminui progressivamente do stop à trufa. A cana nasal é reta. As faces laterais do focinho são convergentes.
Trufa: bem desenvolvida, sempre preta.
Bochechas: planas.
Lábios: finos, bem ajustados, moderadamente desenvolvidos, bastante curtos e arredondados na ponta do focinho. A borda dos lábios é preta. Os lábios superiores ultrapassam os inferiores; comissura labial é firme. Bochechas planas.
Mordedura/ Dentes: maxilares fortes com a mordedura em tesoura regular e completa. Admitida a mordedura em torquês.
Orelhas: de inserção alta, comprimento médio, pendentes rente às faces, tamanho médio, a ponta das orelhas é figura ligeiramente oval. Orelhas mais para finas que para grossas.

PESCOÇO
Forte, aproximadamente do mesmo comprimento da cabeça. Linha superior ligeiramente arqueada. O pescoço está inserido num ângulo de 45° to 50° com a horizontal.

TRONCO
Retangular, seu comprimento ultrapassa uns 10% a altura na cernelha.
Linha superior: reta.
Cernelha: apenas ligeiramente pronunciada.
Dorso: bem musculado, reto, forte e longo.
Lombo: bem musculado, comprimento igual ao da garupa.
Garupa: ligeiramente inclinada (20-25% em relação à horizontal), bem musculada, larga.
Peito: forte, profundo 50% da altura na cernelha, perímetro torácico 20% maior que a altura na cernelha.
Linha inferior e ventre: a ponta ovalada do esterno é ligeiramente saliente. O ventre é ligeiramente esgalgado.

CAUDA
Em continuação com a linha da garupa. Grossa na raiz e afilando progressivamente em direção à ponta que alcança o nível dos jarretes. Ligeiramente encurvada para cima, jamais portada acima da linha superior. Revestida com abundante pelagem.

MEMBROS ANTERIORES
Fortes, retos, bem musculados, paralelos.
Ombros: escápula de comprimento aproximado do úmero, musculados, sólidos, bem acoplados ao tórax. Forma um ângulo de 45° - 50° com a horizontal.
Braços: trabalhando rentes ao tórax, fortes, musculados, aproximadamente do mesmo comprimento que a escápula. Forma um ângulo de 45° a 50° em relação à horizontal.
Cotovelos: trabalhando bem ajustados rente ao tórax, sólidos, a uma altura do solo de 50% da altura na cernelha.
Antebraços: retos, fortes e bem musculados.
Carpos: sólidos.
Metacarpos: fortes, ligeiramente inclinados (acima de 15° com a vertical).
Patas: de gato, dígitos sólidos e juntos. Unhas forte, preferencialmente pretas. Almofadas escuras bem desenvolvidas.

MEMBROS POSTERIORES
Fortes, retos, bem musculados e paralelos.
Coxas: fortes, bem musculadas e retas.
Joelhos: sólidos, paralelos à linha média do tronco. Angulação dos joelhos cerca de 120°.
Pernas: bem musculadas, comprimento, aproximadamente, igual ao das coxas.
Jarretes: fortes, angulação entre 135° e 140°.
Metatarsos: fortes, quase verticais.
Patas: um pouco mais longas que as anteriores; dígitos compactos e sólidos; unhas fortes e pretas; almofadas resistentes e elásticas, de cor escura.

MOVIMENTAÇÃO
Passos longos, enérgicos e com bom alcance de passadas. Andadura preferida: trote fluente, regular, harmonioso e uniforme.

PELE
Elástica, bem pigmentada: firmemente ajustada em todo o corpo.

PELAGEM
Pêlos curtos, abundantes, brilhantes, ligeiramente grossos, bem assentados em todo o corpo; sub-pelagem bastante bem desenvolvida. Pêlos ligeiramente mais longos na face posterior das coxas e na face ventral da cauda.

COR
A base da pelagem é o ruivo profundo ou ruivo-raposa avermelhado com um manto ou sela negra. O preto pode alcançar a cabeça onde forma manchas pretas nas têmporas. A estrela branca na cabeça e a listra que se estende pelo focinho forma um colar completo ou parcial em torno do pescoço. Uma mancha branca é permitida no ante-peito e pode estender-se até a ponta do esterno e alcançar o ventre e a face interna das coxas. A ponta da cauda pode ser branca. O branco não pode abranger mais que um terço da superfície total do tronco.

TAMANHO
A altura na cernelha varia, nos machos, entre 45 e 55 cm, sendo 51 cm a altura ideal. Nas fêmeas, a altura varia entre 44 e 54 cm, sendo a ideal 49 cm.

TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO
Dedicado, gentil, de temperamento animado. Confiável, exibindo notável tenacidade.
Imagem rodapé

© 2013 Sopa Team

Voltar ao topo